Futebol internacional

23-08-2013 11:36

Ferencvaros multado após manifestações nazis

Um grupo de adeptos do Ferencvaros lembrou um criminoso de guerra nazi durante um jogo com os rivais do MTK, clube associado à comunidade judaica.
Ferencvaros multado após manifestações nazis

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O clube húngaro Ferencvaros foi multado pelas autoridades desportivas do país em 800.000 florins (cerca de 2.700 euros), depois dos seus adeptos lembrarem um alegado criminoso de guerra nazi.

O incidente ocorreu no fim de semana, com os adeptos a apresentarem uma tarja em honra de Laszlo Csatari, num jogo em que o Ferencvaros defrontava os rivais do MTK, um clube associado à comunidade judaica.

Laszlo Csatari, que aguardava julgamento por alegadamente ter participado no envio de 12.000 judeus para campos de concentração, morreu a 10 de agosto, com 98 anos.

«Apenas podemos repetir que não existe lugar para qualquer ação (política ou racista), encoberta ou pública», sublinhou a Federação Húngara de Futebol, num comunicado publicado hoje no seu sítio oficial.

O organismo explicou ainda que a multa não foi mais elevada devido ao facto de o clube se ter distanciado claramente das atitudes dos adeptos e por ter mostrado cooperação em encontrar os infratores.

«Pedimos desculpa pela provocação que existiu no jogo entre o Ferencvaros e o MTK, levada a cabo por meia dúzia de pessoas que violaram o espírito de 114 anos do clube, bem como dos nossos adeptos», referiu o Ferencvaros.

Em março, a FIFA determinou que a Hungria jogasse o encontro de qualificação para o Mundial, com a Roménia, à porta fechada, depois de se terem verificado manifestações antissemitas num particular entre Hungria e Israel, em Budapeste.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa