Argentina

13-12-2013 09:23

Dia do Adepto do River Plate acaba em violência

Dia do Adepto do River Plate acaba em confrontos, vandalismo, feridos e detidos.
Dia do Adepto do River Plate acaba em violência

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

As comemorações do denominado Dia do Adepto do Boca Juniors, que juntaram na noite de quinta-feira mais de 30.000 pessoas no centro de Buenos Aires, resultou em violentos confrontos com a polícia, cinco feridos e três detidos.

Em pleno “coração” da capital argentina, vários estabelecimentos comerciais foram vandalizados, um ano depois da mesma efeméride ter também sido marcada por confrontos, 35 detidos, 11 polícias feridos e uma série de saques a lojas.

Em declarações à estação de rádio La Red, o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, descartou o clube de qualquer responsabilidade pelos atos dos adeptos do clube.

«Não foram destejos organizados por esta direção, mas vamos tomar medidas para que isto não ocorra mais. O clube não pode deixar esta imagem», frisou o dirigente.

Ao canal televisivo C5N, também o vice-presidente do Boca Oscar Marrielo deixou o seu lamentou pelos incidentes de quinta-feira: «Estes incidentes mancham a convocatória que foi feita em várias redes sociais e acabam por prejudicar aqueles que realmente amam o clube».

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa