Futebol

17-07-2015 07:13

Morreu Alcides Ghiggia, o "senhor Maracanazo"

O antigo internacional uruguaio que se sagrou campeão do Mundo em 1950 faleceu aos 88 anos devido a uma crise cardíaca.
alcides_ghiggia_uruguai.jpg
Foto: EPA; ANTONIO LACERDA; epa01976602

Alcides Ghiggia ficou na história do futebol do Uruguai

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Alcides Ghiggia, o uruguaio que marcou o golo que deu o título mundial ao Uruguai em pleno Maracanã em 1950, morreu hoje, aos 88 anos, revelou a sua mulher Beatriz.

"Apenas três pessoas conseguiram fazer chorar o Maracanã, Frank Sinatra, o papa e eu", disse Ghiggia à estação de televisão brasileira Globo nos anos sessenta.

Numa altura em que Brasil e Uruguai estavam empatados 1-1, durante a final disputada faz precisamente hoje 65 anos, o uruguaio anotou o tento que deixou mergulhados em lágrimas os cerca de 200.000 que assistiram ao encontro, faltavam apenas 11 minutos para o termo do jogo.

A derrota, apelidada de 'Maracanazo', transformou o jovem de 23 anos num herói nacional e alterou a sua vida.

Nascido a 22 de dezembro de 1926, iniciou a sua carreira no Penarol, uma das mais importantes equipas do Uruguai, sagrando-se campeão nacional em 1949 e 1951.

Graças ao feito, o campeão do mundo de 1950 tornou-se num dos raros jogadores sul-americanos que na altura atravessaram o Atlântico para tentar a sorte na Europa, tendo se transferido para os italianos da AS Roma.

De seguida, rumou para o AC Milan, clube no qual se sagrou campeão europeu em 1962/63, numa final em que os transalpinos derrotaram o bicampeão europeu Benfica por 2-1.

As suas performances permitiram-lhe ainda obter a nacionalidade italiana e, mais tarde, integrar a seleção transalpina. Regressou ao Uruguai aos 37 anos, para jogar no Danubio, retirando-se aos 42 anos.

O antigo internacional uruguaio morreu vítima de uma crise cardíaca, segundo confirmou à AFP a sua mulher Beatriz, e era o último sobrevivente das duas seleções que se defrontaram em 1950.

Conteúdo publicado por Sportinforma