Demissão do Apoel

28-08-2015 12:08

Domingos: "Acho que fiz um bom trabalho"

O treinador português de 46 anos não vê a sua passagem pelo Chipre como um "fracasso".
Domingos
Foto: OCTÁVIO PASSOS / LUSA

Domingos diz que a sua sucessão já estava a ser preparada pelo clube.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Domingos Paciência disse hoje, em declarações à Lusa, sentir-se desiludido por abandonar APOEL, garantindo que “conseguiu os mínimos propostos” pela direção do emblema cipriota de futebol.

“Sinto-me desiludido porque colocar a equipa na Liga Europa devia ser considerado um feito. Infelizmente aqui as pessoas não vêm assim e só tenho de aceitar”, lamentou o treinador português, de 46 anos, depois de o APOEL falhar a entrada na Liga dos Campeões.

Apesar da eliminação no ‘play-off’ de acesso à ‘Champions’ perante o Astana, do Cazaquistão, o antigo internacional português garante que conseguiu os objetivos que foram propostos pela direção do clube.

“Não vejo [a passagem pelo APOEL] como um fracasso. No fundo consegui os mínimos que me propuseram, que era entrar na Liga Europa”, garante Domingos.

O treinador português afirma que conhecia “o risco que corria ao treinar uma equipa com ambições de jogar na Liga dos Campeões”. “Sabia perfeitamente do risco que corria. Estou tranquilo e acima de tudo consciente do trabalho que fiz aqui. Consegui, em 20 dias, pôr uma equipa com muitos jogadores novos a competir e a lutar. Acho que fiz um bom trabalho”, salienta o treinador.

No dia em que foi anunciada a rescisão com o treinador português, o clube apresentou Temur Ketsbaia como novo treinador para as próximas duas temporadas.

Domingos garante que a direção já tinha a decisão tomada após a partida da primeira mão, que terminou com a derrota do emblema cipriota no Cazaquistão, por 1-0.

“ [A apresentação imediata de um substituto] É uma prova de que as coisas já estavam praticamente certas. A partir do momento que perdi 1-0 em Astana as pessoas deixaram de acreditar e procuraram outra solução. Os projetos têm mais tempo ou menos tempo consoante o acreditar das pessoas”, concluiu o treinador português.

Domingos Paciência conta com passagens por União de Leiria, Académica, Braga, Sporting, Vitória de Setúbal, Deportivo da Corunha (Espanha), Kayserispor (Turquia) e agora APOEL (Chipre).

Conteúdo publicado por Sportinforma