Paris/Atentados

18-11-2015 13:56

Cancelamento do Alemanha-Holanda por "riscos de segurança"

Jogo iria decorrer em Hannover.
Angela Merkel

Angela Merkel.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A chanceler alemã Angela Merkel justificou hoje a “decisão difícil” de cancelar o jogo particular de terça-feira entre as seleções de futebol da Alemanha e da Holanda, em Hannover, por haver “riscos para a segurança”.

“Como milhões de adeptos, fiquei triste com a decisão de ter que cancelar o jogo”, disse Angela Merkel, saindo em defesa do seu ministro do Interior, Thomas de Maizière, que foi criticado por não ter justificado a medida.

A seleção alemã esteve num dos vértices dos atentados de sexta-feira em Paris, e que provocaram 129 mortos, quando um terrorista se fez explodir nas imediações do Stade France, durante o jogo de carácter particular que disputou com a França.

O encontro entre as seleções alemã e holandesa, apresentado como ‘jogo da liberdade’, era para ser uma homenagem às vítimas de Paris, mas foi anulado por suspeita de novos de atentados.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou no sábado, em comunicado, os atentados de sexta-feira em Paris, que causaram pelo menos 129 mortos, entre os quais dois portugueses.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o Presidente François Hollande classificou como “ataques terroristas sem precedentes no país”.

Conteúdo publicado por Sportinforma