Futebol internacional

17-08-2016 11:01

Federação Argentina com 'buraco' financeiro de 30 milhões de euros

Federação Argentina de Futebol tem 'buraco' financeiro de 30 milhões de euros.
Equipa da Argentina festeja um golo.
Foto: AFP or licensors

A Argentina falhou a conquista da Copa América

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Federação Argentina de Futebol (AFA) tem um ‘buraco’ financeiro na ordem dos 33 milhões de dólares (cerca de 30 milhões de euros), revelou na terça-feira o comité criado pela FIFA para gerir a crise da filiada sul-americana.

“A AFA tem dívidas que chegam aos 33 milhões de dólares. Os clubes têm também em dívida cerca de 74 milhões de dólares [cerca de 66 milhões de euros]. Agora que temos os dados recolhidos, temos de encontrar soluções”, disse o presidente do comité da FIFA, Armando Pérez.

Além de auditar as contas da AFA, este comité está também encarregado de organizar eleições para os órgãos sociais da AFA até 30 de junho de 2017.

Numa altura em que não é garantido que o campeonato comece na data prevista, a 26 de agosto, a AFA vive uma crise sem precedentes, agravada com a demissão do selecionador Gerardo Martino, a quem o organismo deve oito meses de salários.

A greve dos árbitros e a vontade de os clubes ‘grandes’ em criar uma liga profissional também ajudam ao ‘arrastar’ dos problemas, ainda sem soluções.

“Temos que ‘limpar’ a AFA. Estamos no ‘coração’ do problema, a administrar todo o mal que ensombra o organismo. O dinheiro continua a ser desperdiçado”, considerou ainda Armando Pérez.

Conteúdo publicado por Sportinforma