Escândalo FIFA

25-08-2016 08:34

Blatter promete "aceitar" decisão sobre recurso

O ex-líder da FIFA foi suspenso por seis anos depois de um escândalo de corrupção que abalou o organismo.
Blatter diz que assistiu a sorteios na Europa em que se esfriavam as bolas
Foto: SAPO Desporto

Joseph Blatter liderou a FIFA entre 1998 e 2015

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O antigo presidente da FIFA Joseph Blatter prometeu hoje aceitar o seu destino, à chegada ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), para o seu último recurso contra a suspensão de seis anos que lhe foi imposta.

“Vou aceitar o veredito”, afirmou Blatter, de 80 anos, aos jornalistas, no exterior do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), em Lausana (Suíça).

“Eu espero que seja positiva para mim, mas somos jogadores de futebol. Aprendemos a ganhar, mas também a perder”, acrescentou Blatter, que foi o responsável máximo pela FIFA entre 1998 e 2015 e que saiu do organismo do futebol mundial, abalado por um escândalo de corrupção.

O ex-presidente da FIFA foi suspenso, em dezembro, pelos órgãos internos do organismo por oito anos, devido a um pagamento de 1,8 milhões de euros ao francês Michel Platini, ex-presidente da UEFA, também ele suspenso pelo mesmo período de tempo.

Posteriormente, em fevereiro, as penas de ambos foram reduzidas para seis anos e a de Platini, depois, para quatro, por decisão do TAS.

Conteúdo publicado por Sportinforma