Futebol internacional

25-08-2016 12:34

Platini testemunha no TAS no âmbito do recurso de Blatter

O francês vai testemunhar esta quinta-feira Tribunal Arbitral do Desporto.
Michel Platini
Foto: WALTER BIERI / EPA

Michel Platini, ex-presidente da UEFA.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O francês Michel Platini, ex-presidente da UEFA, vai testemunhar esta quinta-feira no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), no âmbito do último recurso interposto pelo suíço Joseph Blatter contra a suspensão que lhe foi imposta pela FIFA.

“Venho dizer a verdade pela enésima vez”, disse Platini, uma das figuras-chave do processo que levou à suspensão de Blatter, presidente da FIFA entre 1998 e 2015, à chegada ao tribunal, em Lausana (Suíça).

Blatter, de 80 anos, foi suspenso em dezembro pelo organismo regulador do futebol mundial por oito anos, devido a um pagamento de 1,8 milhões de euros a Platini, que também foi suspenso pelo mesmo período de tempo.

Posteriormente, em fevereiro, as penas de ambos foram reduzidas para seis anos e a de Platini, depois, para quatro, por decisão do TAS.

À entrada para a audiência de hoje no órgão máximo da justiça desportiva, que julgará o último recurso de Blatter, o antigo presidente da FIFA, abalado por escândalo de corrupção, manifestou-se disposto a aceitar o seu destino.

“Vou aceitar o veredito. Eu espero que seja positivo para mim, mas somos jogadores de futebol. Aprendemos a ganhar, mas também a perder”, acrescentou Blatter.

Conteúdo publicado por Sportinforma