Futebol

27-08-2016 10:14

Futebol é o principal fator de união dos lusodescendentes no Canadá

Há cerca de meio milhão de portugueses e lusodescendentes no Canadá.
Futebol
Foto: Lusa

Portugal tem uma das comunidades mais integradas no Canadá

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O futebol é o principal fator de união dos jovens lusodescendentes no Canadá, disse hoje à agência Lusa um líder comunitário em Montreal. "A comunidade jovem portuguesa no Quebeque, o Canadá não foge à regra, está muito virada para o futebol. Esse é o principal fator de reunião dos jovens lusodescendentes", afirma Daniel Loureiro de 26 anos, filho de emigrantes ribatejanos.

O também Conselheiro das Comunidades Portuguesas no Canadá, deu como exemplo a conquista de Portugal do Campeonato da Europa de Futebol em França, que levou milhares de pessoas às ruas. "Portugal recentemente conquistou o Euro 2016, vitória que levou muitos portugueses à ruas das cidades um pouco por todo o lado", explicou o empresário do ramo da restauração.

Licenciado em jornalismo pela Universidade de Montreal, Daniel Loureiro defendeu uma sensibilização que os pais têm de fazer aos filhos "não só na língua mas também na cultura portuguesa", que não pode passar "só pelo futebol".

"Essa sensibilização deve passar pela aprendizagem da língua portuguesa, pelo ter orgulho em ser português, pois só assim se podem manter vivas as tradições e valores da cultura portuguesa, onde os pais têm um papel muito importante", disse Daniel Loureiro.

"O futebol é um elemento importante, mas deve passar também pela leitura de obras de Luís de Camões e de Fernando Pessoa, ou conhecer a culinária portuguesa, quem são os grandes descobridores portugueses, os lugares onde passamos. É importante saber de onde viemos", adiantou.

O conselheiro das comunidades afirmou ainda que os jovens "têm muito orgulho" das suas origens levando consigo amigos canadianos para lhes "mostrarem Portugal". "Através da rede social Facebook verifiquei que muitos dos meus amigos foram a Portugal e levaram os colegas canadianos para lhes mostrarem o seu país de origem", frisou.

A "boa integração" da comunidade portuguesa na sociedade canadiana é também destacada por Daniel Loureiro. "Apesar de não sermos tradicionalmente uma comunidade com muitos estudos, já temos muitos exemplos, como é o caso dos deputados federais Alexandra Mendes (Montreal) e Peter Fonseca (Mississauga), e dos ministros das Finanças do Quebeque (Carlos Leitão), e do Ontário (Charles), e outros empresários de sucesso", sublinhou Daniel Loureiro.

Oficialmente há 429 mil portugueses e lusodescendentes no Canadá (censo 2011), mas calcula-se que existam cerca de 550 mil, estando a grande maioria localizada na província do Ontário. Estima-se que entre 60% a 70% sejam de origem açoriana.

Conteúdo publicado por Sportinforma