Futebol/Arábia Saudita

02-09-2016 12:01

Al Ittihad despede jogador por ser seropositivo

Al Ittihad confirmou mesmo que essa foi a justificação para o despedimento.
Samuel Nlend, jogador camaronês que foi despedido por ser portador do vírus da SIDA
Foto: DR

Samuel Nlend, jogador camaronês que foi despedido por ser portador do vírus da SIDA

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Al Ittihad, emblema da primeira divisão da Arábia Saudita, despediu um jogador que tinha contratado quatro dias antes. De acordo com o portal egípcio KingFht.com, Samuel Nlend foi despedido por ser portador do vírus da SIDA.

Depois da notícia ter sido publicado, o porta-voz oficial do emblema saudita confirmou que o avançado camaronês foi mesmo despedido por ser portador do vírus VIH.

Conteúdo publicado por Sportinforma