UEFA

02-09-2016 17:52

FIFA anuncia elegibilidade de candidatos à sucessão de Platini

O esloveno Aleksander Ceferin, o holandês Michael van Praag e o espanhol Ángel María Villar “passaram com sucesso os controles de elegibilidade” com vista às eleições para a presidência da UEFA.
Aleksander Ceferin

Aleksander Ceferin é um dos candidatos

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A FIFA anunciou hoje que o esloveno Aleksander Ceferin, o holandês Michael van Praag e o espanhol Ángel María Villar “passaram com sucesso os controles de elegibilidade” com vista às eleições para a presidência da UEFA.

Os três candidatos à presidência da UEFA, cujas candidaturas já tinham sido validadas, tiverem que se submeter a um controle de elegibilidade adicional, já que o líder da organização se torna por inerência vice presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA).

As eleições para a presidência da UEFA terão lugar no congresso eleitoral da organização a 14 de setembro, em Atenas.

O francês Michel Platini, presidente da UEFA desde 2007, apresentou a demissão do cargo a 09 de maio deste ano, depois de o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) ter decidido o seu afastamento por quatro anos de todas as a atividade ligadas ao futebol.

O antigo capitão da seleção francesa tinha sido inicialmente suspenso por oito anos na sequência da divulgação pública de um pagamento de cerca de dois milhões de francos suíços que recebeu do então presidente da FIFA, com base num contrato oral firmado com Joseph Blatter, configurando um conflito de interesses.

Na sequência da decisão do TAS, Platini anunciou a intenção de “renunciar formalmente” ao cargo de presidente da UEFA no conclave de 14 de setembro.

Na eleição de Atenas, cada uma das 55 federações dispõe de um voto.

Ángel María Villar, 66 anos, e que dirige a federação espanhola desde 1988, é presidente interino da UEFA na sequência da suspensão provisória do francês Michel Platini, decretada pela FIFA e confirmada posteriormente pelo TAS.

Villar, que testemunhou a favor de Platini diante do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), é um dos vice-presidentes da UEFA desde 2000 e preside à Comissão de Árbitros e, como substituto, a Comissão do Estatuto, Transferências, Agentes de Jogadores e Jogos.

Michael van Praag, 68 anos, é vice-presidente da UEFA e membro do seu Comité Executivo.

Jurista de 48 anos, Aleksander Ceferin é o ‘patrão’ do futebol esloveno desde 2011 e, ao contrário dos outros concorrentes, não desempenha qualquer função na UEFA.

A Federação Francesa de Futebol (FFF) anunciou já apoiar a candidatura de Aleksander Ceferi.

Conteúdo publicado por Sportinforma