Futebol internacional

28-11-2016 17:12

Gordon Derrick contesta no TAS impedimento de presidir CONCACAF

O TAS revelou que uma decisão final sobre este caso que envolve Gordon Derrick deve ser tomada no início de 2017.
FIFA

FIFA

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O líder da federação das Caraíbas testemunhou hoje no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) de forma a contestar o impedimento de candidatar-se à Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF) e vice-presidente da FIFA.

O TAS revelou que uma decisão final sobre este caso que envolve Gordon Derrick deve ser tomada no início de 2017.

O presidente da União de Futebol das Caraíbas, originário da Antígua, falhou em abril um teste de ilegibilidade para ser candidato à presidência da CONCACAF, mas o comité de auditoria da FIFA não explicou, publicamente, os motivos.

O presidente da CONCACAF é, por inerência, vice-presidente da FIFA, integrando o conselho que define a estratégia do organismo que rege o futebol mundial.

Em 2011, Derrick foi repreendido pelo Comité de Ética da FIFA na sequência de uma ampla investigação sobre um suposto suborno à Caraíbas na eleição presidencial da FIFA daquele ano.

Conteúdo publicado por Sportinforma