Futebol Internacional

16-03-2017 18:24

Rui Campos é o mais recente membro do Comité Executivo da CAF

Presidente do Recreativo do Libolo venceu votação contra Frans Mbidi da Namíbia para garantir lugar no órgão da Confederação Africana de Futebol.
Rui Campos, presidente do Recreativo do Libolo
Foto: ANTÓNIO ESCRIVÃO / Angop

Rui Campos, presidente do Recreativo do Libolo

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Recreativo do Libolo, Rui Campos, foi esta quinta-feira eleito membro do Comité Executivo da Confederação Africana de Futebol (CAF). O angolano obteve 25 votos, e ocupou a segunda vaga da zona austral. O ato ocorreu durante a Reunião Magna da organização continental, que elegeu um novo presidente, pondo fim a um mandato de 29 anos de Issa Hayatou.

Três candidatos disputaram os dois lugares atribuídos à região. O sul-africano Danny Jordaan foi o mais votado, com 35 pontos, tendo Rui Campos superado Frans Mbidi da Namíbia (24), numa disputa renhida que terminou com a diferença de um escasso ponto.

Na sua primeira reacção após o anúncio dos resultados, o líder do clube que venceu quatro vezes o campeonato angolano nas últimas seis épocas realçou o facto do País estar agora representado ao mais alto nível do futebol continental.

"Finalmente, temos alguém que fala português ali sentado", declarou.

Entre as atividades ao serviço da CAF, Rui Campos esteve ligado à organização da CAN2017, disputada no Gabão.

Rui Eduardo da Costa Campos, empresário e agente desportivo, lidera um projeto na província do Cuanza Sul, em que a sua equipa principal de futebol tem sido um dos destaques das últimas seis épocas no Girabola, ao vencer o campeonato nacional angolano em 2011, 2012, 2014 e 2015. Em 2016, apesar de não ter sido campeão, o Recreativo de Libolo conquistou a Taça de Angola.

Conteúdo publicado por Sportinforma