Futebol / Internacional

23-03-2017 13:31

Alexei Sorokin quer substituir Vitaly Mutko na FIFA

O responsável pela organização do Mundial2018 de futebol, na Rússia, Alexei Sorokin, disse hoje que está a ponderar concorrer a um lugar no Conselho da FIFA.
futebol geral
Foto: SAPO Desporto

futebol geral

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O responsável pela organização do Mundial2018 de futebol, na Rússia, Alexei Sorokin, disse hoje que está a ponderar concorrer a um lugar no Conselho da FIFA, depois de o vice-primeiro-ministro Vitaly Mutko ter sido ‘chumbado’.

Alexei Sorokin, em declarações à agência noticiosa russa R-Sport, adiantou que seria “uma grande honra” se ele fosse nomeado para o Conselho da FIFA pela Federação Russa de Futebol, que é liderada pelo vice-primeiro-ministro Vitaly Mutko.

“O principal para nós é que a Rússia não perca o seu lugar no Conselho da FIFA”, adiantou Alexei Sorokin, após Vitaly Mutko ter sido impedido de concorrer à reeleição para o cargo, devido às suas funções de vice-primeiro-ministro.

O vice-primeiro-ministro da Rússia, também com a pasta do Desporto, integrava o Conselho da FIFA, antigo Comité Executivo, desde 2009, e foi um dos nomes envolvidos no recente escândalo de doping generalizado no país.

Com a retirada do ex-presidente da Federação Islandesa de Futebol, Geir Thorsteinsson, a UEFA ficou com três candidatos para quatro cadeiras no Conselho da FIFA, pelo que terá de eleger um quarto elemento até ao congresso a 05 de abril.

Os presidentes das federações da Hungria, Sandor Csanyi, Montenegro, Dejan Saviceciv, e Chipre, Costakis Koutsokoumnis, são os três elementos que já têm lugar garantido no painel governativo da FIFA em mandato válido até 2021.

Os três candidatos vigentes vão ser eleitos sem oposição a 05 de abril, no congresso da UEFA em Helsínquia, Finlândia, e serão integrados no Conselho da FIFA em maio, no Bahrain.

Conteúdo publicado por Sportinforma