Futebol Internacional

27-03-2017 17:23

Selecionador da Irlanda quer recuperação rápida para Coleman

Martin O'Neill recorda a lesão sofrida por Henrik Larson e deseja as melhoras ao defesa irlandês.
Martin O'Neill
Foto: Miguel Henriques

Martin O'Neill, selecionador da Irlanda

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador irlandês de futebol, Martin O’Neill, manifestou esta segunda-feira esperança de que o defesa Seamus Coleman, que sofreu uma dupla fratura na sexta-feira, possa recuperar tão bem quanto Henrik Larsson.

O’Neill lembrou a grave lesão do avançado sueco em 1999, em comparação com a sofrida agora por Coleman, de 28 anos, que permanece no hospital de Dublin, três dias depois de ter fraturado a tíbia e o perónio no jogo com o País de Gales (0-0).

“Penso que começa a lidar com a situação. Ontem [domingo] vi-o e ainda estava muito em baixo. Não tem muitas dores, a cirurgia correu bem e agora é uma questão de lidar com isso”, começou por dizer o técnico da República da Irlanda.

A lesão do jogador, após uma entrada dura de um adversário – que valeu o cartão vermelho -, foi tão grave, que a emissão televisiva decidiu não mostrar repetições do que se tinha passado, apesar de as imagens serem vistas nas redes sociais.

“Quando fui para o Celtic, cerca de cinco ou seis meses antes, Henrik Larsson tinha sofrido uma lesão muito grave e recuperou de forma magnífica, a lesão não o afetou até a final da sua carreira”, salientou O’Neill.

O treinador não desvalorizou, no entanto, a entrada imprudente do galês Neill Taylor, um minuto depois de Gareth Bale já ter visto o cartão amarelo, que podia ter sido vermelho, por uma ação faltosa grave sobre John O’Shea.

“Penso que ambas as ações foram muito, muito más”, justificou o selecionador.

Conteúdo publicado por Sportinforma