Futebol / Internacional

28-03-2017 15:54

Irão de Queiroz vence China e fica muito perto da Rússia

O Irão, orientado por Carlos Queiroz, colocou-se hoje a um ‘passo’ do Mundial de futebol de 2018.
Queiroz

Queiroz

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Irão, orientado por Carlos Queiroz, colocou-se hoje a um ‘passo’ do Mundial de futebol de 2018, ao receber e bater a China por 1-0, na sétima jornada do Grupo A da terceira fase asiática de apuramento.

Um golo na primeira jogada da segunda parte de Mehdi Taremi, que já tinha selado na quinta-feira o triunfo no Qatar (1-0), garantiu o triunfo aos iranianos, que solidificaram a liderança do agrupamento, somando agora 17 pontos.

A três rondas do final – receções a Uzbequistão e Síria e deslocação à Coreia do Sul –, o Irão, que continua sem golos sofridos nesta fase (6-0), não necessita mais do que uma vitória para carimbar o passaporte para a fase final.

Em Teerão, o triunfo dos iranianos não foi fácil, mas a equipa de Queiroz soube aproveitar uma das poucas ocasiões que criou, num tento feliz de pé esquerdo de Taremi, após confusão na área, e defendeu quase sempre muito bem.

O conjunto do treinador luso, que até pode nem precisar de pontuar mais para chegar à Rússia, soma mais quatro pontos do que a Coreia do Sul, que venceu em casa a Síria por 1-0, graças a um tento de Hong Jeongho, aos quatro minutos.

Os sírios são quartos colocados, com oito pontos, enquanto a China, de Marcello Lippi, segue, para já, em quinto, com cinco, sendo que, ainda hoje, o Uzbequistão, terceiro colocado, com nove, recebe o Qatar, último, com quatro.

No Grupo B, o Japão destacou-se, provisoriamente, na liderança, com 16 pontos, ao golear em casa a Tailândia por 4-0, com tentos de Shinji Kagawa (oiro minutos), Shinji Okazaki (19), Yuya Kubo (57) e Maya Yoshida (83).

Os nipónicos somam mais três pontos do que a Arábia Saudita, ainda hoje anfitriã do Iraque, e a Austrália, vencedora por 2-0 na receção aos Emiratos Árabes Unidos, num jogo resolvido por Jackson Irvine e Mathew Leckie, aos sete e 78 minutos.

Os Emiratos Árabes Unidos contam nove pontos, o Iraque quatro, com um jogo a menos, e a Tailândia um.

Os dois primeiros classificados dos dois agrupamentos da terceira fase asiática de qualificação garantem um lugar no Mundial2018, enquanto os terceiros colocados defrontam-se num ‘play-off’, cujo vencedor disputa um lugar na Rússia com o quarto classificado da quinta ronda da CONCACAF.

Conteúdo publicado por Sportinforma