Argentina

12-04-2017 21:04

Ex-selecionador acusa federação argentina de mentir sobre Sampaoli

Bauza diz que federação argentina terá falado com Sampaoli ainda quando era selecionador.
Bauza diz que federação argentina terá falado com Sampaoli ainda quando era selecionador.

Bauza diz que federação argentina terá falado com Sampaoli ainda quando era selecionador.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador Edgardo Bauza, que na segunda-feira foi afastado do cargo de selecionador argentino de futebol, deixou hoje entender que Jorge Sampaoli foi contactado para ser o seu sucessor e desejou boa sorte ao ainda técnico do Sevilha.

“Apesar de terem [federação argentina] dito que não falaram com ele [Sampaoli], eu acho que houve qualquer coisa, houve algumas conversas quando eu ainda era selecionador”, afirmou Bauza em declarações ao canal de televisão argentino TyC Sports.

‘El Patón’ considerou que Sampaoli tem capacidade para poder ‘pegar’ na seleção argentina, numa altura em que segue o quinto lugar da qualificação sul-americana para o Mundial2018 e desejou-lhe boa sorte, caso se confirme que vai mesmo ocupar o cargo.

“É um treinador que ganha e perde como todos. Tem capacidade, tem experiência de seleções e isso pode ajudá-lo”, referiu o técnico de 59 anos.

De acordo com a imprensa desportiva local, além de Sampaoli, Marcelo Gallardo, do River Plate, e Diego Simeone, do Atlético Madrid, são os principais candidatos a ocupar o lugar de seleccionador da Argentina.

A quatro jornadas do final da fase de apuramento, a formação ‘albiceleste’, que soma apenas mais dois pontos do que o Equador e quatro face a Peru e Paraguai, tem, assim, o Mundial2018 em risco, sendo que poderá não ter Lionel Messi mais três jogos.

O jogador do FC Barcelona foi castigado com quatro encontros, depois de alegados insultos a um árbitro auxiliar no final do embate com o Chile (1-0) e já falhou a deslocação à Bolívia, onde a Argentina perdeu por 2-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma