Mundial2022

12-04-2017 23:48

Obras para a construção do palco da final arrancaram hoje no Qatar

Iniciaram-se os trabalhos para construir o estádio palco da final do Mundial2022
Qatar prepara o Mundial 2022
Foto: AFP

Iniciaram-se os trabalhos para construir o estádio palco da final do Mundial2022

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os trabalhos para a construção do estádio Losail, para 80 mil espetadores, que acolherá a final do Mundial2022 de futebol, no Qatar, tiveram hoje início, anunciou a organização do torneio, que espera vê-las concluídas em 2020.

“As fundações do estádio serão definidas o mais tardar ainda este ano”, disse Tamim Loutfi Elabed, diretor do projeto.

Um terreno de cerca de um milhão de metros quadrados começou a ser limpo para acomodar o futuro teatro do Mundial, que envolverá até 7.000 trabalhadores no futuro.

“Neste momento ainda estamos na fase inicial, pelo que ainda não chegámos ao milhar de trabalhadores, devemos ter contratado cerca de 500”, disse Tamim Loutfi Elabed.

O estádio faz parte de um projeto mais amplo, cujo custo é estimado em 45 mil milhões de dólares (mais de 42 mil milhões de euros) para tirar do deserto a cidade de Losail, a cerca de 20 quilómetros a norte de Doha. Nas imediações do estádio, os trabalhos também estão em andamento para ser construída a estação de metro, onde serão esperados os adeptos.

O Qatar vai gastar quase 500 milhões (mais de 470 milhões de euros) a cada semana que passa para montar a infraestrutura que vai acolher o Mundial, informou o governo do Qatar no início do ano.

A construção do estádio vai custar até 10 mil milhões de dólares (9,4 mil milhões de euros), explicou Hassan Al-Thawadi, chefe do comité organizador do Mundial.

Desde a obtenção da organização do futebol Mundial2022, em 2010, o Qatar tem enfrentado uma pressão significativa das associações de defesa dos direitos humanos sobre o tratamento aos seus trabalhadores estrangeiros.

Conteúdo publicado por Sportinforma