Futebol Internacional

17-04-2017 11:11

No liderar é que esteve o ganho. Não houve mudanças nas principais ligas europeias

Sem alterações nas equipas que seguem na frente dos campeonatos espalhados pela Europa, o Chelsea foi o único líder a ser derrotado.
Mourinho e Conte no Chelsea-Man. United
Foto: WILL OLIVER / EPA

Mourinho e Conte protagonizaram um dos jogos da semana

Por José Rafael Lopes sapodesporto@sapo.pt

Após um fim de semana com muitos encontros de alto gabarito em cartaz, os principais campeonatos europeus aproximam-cada vez mais do fim e as contas para quem vai conquistar os títulos de campeão nacional começam a apertar-se. Na fase final da temporada, todos os pontos importam para os de cima, os do meio da tabela e para aquele que apenas querem fugir da despromoção.

Em Inglaterra, o Chelsea mantém-se líder, mas viu o Tottenham aproximar-se no seguimento da derrota dos ‘blues’ frente ao Manchester United no jogo grande da jornada. Em mais um reencontro entre a equipa londrina e José Mourinho, o treinador português levou a melhor e venceu por 2-0. Herrera e Rashford fizeram os dois golos, uma vez que Ibrahimovich foi poupado a pensar na Liga Europa.

Em White Hart Lane, o Tottenham, segundo classificado da Premier League, bateu o Bournemouth por 4-0 e reduziu para apenas quatro pontos de desvantagem para o primeiro lugar. Os ‘spurs’ acumularam a oitava vitória seguida na Liga Inglesa.

Destaque ainda para a vitória do Manchester City sobre o Southampton por 3-0 Cédric Soares foi titular, mas não foi capaz de evitar o triunfo dos ‘citizens’ que foi construído na segunda parte. Já o Hull City, de Marco Silva, foi derrotado pelo Stoke City, mas mantém-se acima da linha de água em Inglaterra.

Confira a classificação da Liga Inglesa

Espanha viu os emblemas de topo vencer

Em terras de ‘nuestros hermanos’, não houve mudanças na linha da frente. Os três primeiros classificados venceram e mantêm tudo igual na liderança do campeonato. O Real Madrid ainda esteve com a vitória em risco, mas Isco tinha planos diferentes para o jogo com o Sporting Gijón. O médio espanhol marcou, no minuto 90, o tento quer fechou o resultado em 3-2 para os ‘merengues’ que jogaram sem Bale e Ronaldo.

Na Catalunha, o Barcelona protagonizou um jogo de 45 minutos loucos e uma segunda parte de apatia frente à Real Socied. Ao intervalo, tinham sido marcados os cinco golos da vitória ‘culé’ por 3-2. No segundo tempo, houve menos emoção no encontro entre as duas equipas.

Destaque ainda para o confronto histórico entre dois emblemas com muita experiência de primeira liga espanhola. Valência e Sevilha enfrentaram-se num encontro que terminou sem golos no Mestalla. Já o Atlético venceu, com Tiago de regresso quatro meses depois, o Osasuna por 3-0.

Confira a classificação da Liga Espanhola

Líder Bayern cedeu pontos, mas não o primeiro lugar

Na Bundesliga, o Bayern de Munique cedeu mais pontos num campeonato onde lidera isolado sem contestação. A formação ‘bávara’ empatou com o Bayer Leverkusen. Num encontro sem golos, Renato Sanches voltou a não sair do banco de suplentes.

Perante o deslize do líder, os perseguidores que lutam pelo segundo lugar conquistaram dois pontos. Com o título a ser uma miragem, o Borussia Dortmund – sem Raphael Guerreiro - saiu da ressaca da derrota europeia ao vencer o Frankfurt por 3-0. Em Leipzig, a equipa da casa venceu o Friburgo e mantém o segundo lugar com menos oito pontos do que o Bayern de Munique. Já o Hoffenheim, uma das equipa sensação esta temporada, continua à frente do Borussia Dortmund após ter vencido o Borussia M.Gladbach por 5-2 no jogo com mais golos da 29ª jornada da Liga Alemã.

Confira a classificação da Liga Alemã

Na jornada do dérbi de Milão, a Juventus somou e seguiu

Em Itália, a jornada foi marcada pelo embate entre as duas equipas de Milão. No Giuseppe Meaza, Inter e AC Milan empataram 2-2 num encontro em que João Mário voltou a estar na equipa inicial dos ‘nerazzurri’. Apesar de terem estado a vencer por dois golos, o Inter deixou, nos últimos 10 minutos, o AC Milan chegar ao empate.

Na frente do campeonato, a Juventus somou mais três pontos e continua imparável na corrida para o título. Desta feita, foi o ‘aflito’ Pescara que foi derrotado pela ‘velha senhora’. Higuaín fez os dois golos da vitória por 2-0.

Na perseguição aos lugares europeus, o Nápoles venceu a Udinese e aproximou-se do segundo lugar ocupado pela Roma. O conjunto romano cedeu dois pontos ao empatar com a Atalanta. A equipa de Luciano Spalleti ainda esteve a perder, mas Edin Dzeko fez o golo do encontro.


Confira a classificação da Liga Italiana

Leonardo Jardim sofreu, mas manteve a liderança

Em França, a luta pelo primeiro lugar continua ao rubro. O Mónaco de Leonardo Jardim teve de fazer uma remontada para conquistar os três pontos sobre o Dijon. A formação de Bernardo Silva e João Moutinho esteve a perder ao intervalo, mas deu a volta perto do fim com a marca de Falcao.

O PSG não desata na perseguição aos ‘monegascos’. Frente ao Angers, a equipa parisiense conquistou o triunfo por 2-0 na condição de visitante. Gonçalo Guedes entrou aos 90’ minutos para render Di María. O argentino foi o homem do jogo ao marcar os dois golos.

Confira a classificação da Liga Francesa

Conteúdo publicado por Sportinforma