Futebol Internacional

07-05-2017 11:42

Hulk envolvido em mais um "caso do túnel" na China

Extremo brasileiro está a ser acusado de ter agredido um dos treinadores adjuntos da equipa do Ghizou Zhicheng.
Hulk
Foto: OLGA MALTSEVA / AFP

Hulk está a ser acusado de agredir um treinador no túnel de acesso aos balneários

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Hulk está envolvido numa nova polémica na China. O extremo brasileiro está a ser acusado pelo treinador do Ghizhou Zhicheng de ter agredido um dos seus adjuntos, no túnel de acesso aos balneários.

De acordo com o site Maisfutebol, que cita um comunicado oficial publicado no site do Ghizhou Zhicheng, Li Bing refere que tudo começou com insultos.

"No túnel, o Hulk insultou o nosso adjunto em inglês. Nós respondemos, gerou-se uma discussão e ele deu um soco no Yu Ming, que acabou por cair no chão", referiu o técnico.

Bing continuou a acusar o jogador e disse mesmo que Hulk "detesta os chineses".

"Os estrangeiros vêm para aqui para que participem no desenvolvimento do futebol chinês, mas qualquer que seja o seu nível, não pode desprezar o povo chinês e mesmo ainda agir assim com os treinadores chineses», referiu.

Recorde-se que não é a primeira vez que Hulk está envolvido num caso que decorreu no túnel de acesso aos balneários. Em dezembro de 2009, após o Clássico entre o Benfica e o FC Porto, Hulk e Sapunaru foram acusados de agredir elementos do Benfica. Os dois jogadores foram suspensos três meses, depois deste incidente.

Este novo caso resulta depois da vitória do Shanghai SIPG, clube de André Villas-Boas e de Hulk, por 3-0. O clube já veio negar as acusações que estão a ser dirigidas ao jogador brasileiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma