Shanghai SIPG

08-05-2017 10:30

Hulk: "Estão a tentar abusar da minha imagem"

Avançado brasileiro foi acusado de agressão num jogo da liga chinesa.
Shanghai SIPG’Brazilian forward Hulk reacts during the AFC Asian Champions League group match between the Shanghai SIPG and South Korea’s FC Seoul in Shanghai on April 26, 2017. / AFP PHOTO / Johannes EISELE
Foto: Johannes EISELE / AFP

Brasileiro ao serviço do Shanghai SIPG

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O antigo jogador do FC Porto e do Zenit, que representa atualmente os chineses do Shanghai SIPG, confessou que não agrediu o treinador-adjunto do Guizhou Zhicheng.

“Infelizmente, estão a tentar abuser da minha imagem. O treinador da equipa adversária está a acusar-se de uma agressão? Mas chegou a ver essa agressão? Não me comportei de forma violenta e tenho a consciência tranquila. Só quero fazer o que mais gosto que é jogar futebol. Estou feliz na China gosto e respeito todo o povo chinês”, escreveu Hulk nas redes sociais.

Hulk foi acusado de agredir o técnico-adjunto do Guizhou Zhicheng no túnel durante a partida do último sábado, em que a equipa orientada por André Villas Boas venceu por 3-0.

“Solicitamos que as autoridades analisem este assunto de forma séria. Também esperamos que o Shangai SIPG trate o caso de forma justa e imparcial, que publique as provas e revele a verdade”, referiu o clube alegadamente lesado.

Conteúdo publicado por Sportinforma