Futebol

08-05-2017 11:25

Infantino: "Finanças da FIFA são extremamente sólidas”

Presidente da FIFA disse ser normal que se registem perdas nos três anos após a realização do Mundial, justificando que é “assim que funciona” o modelo económico da FIFA.
Gianni Infantino, presidente da FIFA
Foto: FPF/DR

Gianni Infantino, presidente da FIFA

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, revelou hoje que as finanças do organismo que rege o futebol mundial estão “extremamente sólidas”, apesar das perdas de 369 milhões de dólares (cerca de 347 milhões de euros) este ano.

“Apesar do que algumas pessoas dizem e escrevem, as finanças da FIFA são extremamente sólidas”, frisou o dirigente, em discurso no congresso da Confederação Asiática de Futebol.

Infantino disse ser normal que se registem perdas nos três anos após a realização do Mundial, justificando que é “assim que funciona” o modelo económico da FIFA.

“Não vamos contar histórias, não vamos criar artifícios contabilísticos. A situação é que as finanças da FIFA são extremamente sólidas”, repetiu Gianni Infantino.

O organismo já tinha alertado que as suas finanças podiam deteriorar-se, mas que espera atingir lucros de mil milhões de dólares com os direitos televisivos no Mundial2018, na Rússia.

Conteúdo publicado por Sportinforma