Football Leaks

11-05-2017 14:41

Ronaldo cobra mais de um milhão de euros por meio dia de trabalho

Internacional português pede um valor exorbitante para trabalhos no ramo da publicidade.
Cristiano Ronaldo
Foto: EPA/Chema Moya

Cristiano Ronaldo recebe uma soma milionária para trabalhos de publicidade

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Para além do dinheiro que recebe no Real Madrid, Cristiano Ronaldo tem outras formas de aumentar o seu rendimento. O internacional português pede um milhão e noventa mil euros para trabalhar meio dia em ações de publicidade.

E o que é que esta verba garante à empresa que contratou Ronaldo? Uma sessão fotográfica, cinco camisolas autografadas, duas menções no seu Twitter ou no Instagram e os direitos de imagem para esse dia - mas apenas se for uma empresa em África ou no Médio Oriente.

As revelações foram feitas através de um livro com o nome Football Leaks: The Dirty Business of Football (Football Leaks: O Negócio Sujo do Futebol, em tradução livre). O jornal britânico The Sun teve acesso às primeiras informações deste livro, que também revelou dados sobre a transferência de Pogba e de Ibrahimovic para o Man. United, as cláusulas do contrato de Martial e Firmino e quanto recebeu Benítez na última época.

Rafa Benítez foi despromovido mas recebeu onze milhões

Rafael Benítez é o treinador do Newcastle e, na época passada, conseguiu ganhar mais de onze milhões de euros, apesar de não conseguir impedir a despromoção do clube inglês.

O técnico espanhol começou o ano no Real Madrid mas foi logo despedido em janeiro de 2016, recebendo uma indemnização de dez milhões de euros.

E mesmo sem fazer nada, o treinador acabou a ganhar dinheiro. Quando o Real Madrid venceu a Liga dos Campeões, Benítez recebeu um bónus de 591 mil euros.

A estes dois valores, que totalizam quase 10 milhões e 591 mil euros, acresce 1.183 mil euros do salário que recebeu no Newcastle. No total são 11 milhões e 774 mil euros que o técnico recebeu na última época, revela o livro.

Firmino recebe 30 mil por golo e 37 mil por assistência

O avançado do Liverpool é um dos destaques da equipa inglesa e os seus bons números têm rendido muito dinheiro.

Roberto Firmino recebe 37 mil euros por cada assistência e 30 mil euros por cada golo apontado. No entanto, estas verbas já aumentaram.

O médio ofensivo brasileiro recebeu 30 mil euros pelos seus primeiros cinco golos, com a verba a crescer para os 53 mil euros por ter apontado entre seis e dez golos. Se Firmino marcar mais de dez golos e até 15, recebe 77 mil euros por cada tento apontado.

Já quanto a assistências, Firmino recebe 37 mil euros por cada passe para golo, sendo que as seis assistências que realizou esta época já renderam 225 mil euros ao jogador.

Gareth Bale foi mais caro do que Cristiano Ronaldo mas foi pago a prestações

Muito se falou na altura se Gareth Bale era a contratação mais cara de sempre, apontando que a transferência do galês para o Real Madrid foi feita por uma verba acima dos 100 milhões de euros.

Na altura, o clube 'merengue' revelou que Bale foi contratado por 91 milhões de euros, um valor abaixo dos 94 milhões pagos por Ronaldo em 2009/2010.

No entanto, o livro revela que Gareth Bale foi mesmo contratado por 100 milhões de euros, só que o pagamento da transferência foi feita a prestações, em vez de ser paga a pronto.

Martial com cláusulas de golos e de presenças na seleção

Anthony Martial foi uma das transferências mais sonantes do Manchester United quando, em 2015, trocou o Mónaco pelos 'red devils' por 50 milhões de euros.

No entanto, existem três cláusulas no contrato do jogador francês que podem elevar a transferência para valores acima dos 80 milhões de euros.

O livro revela que o jogador tem uma cláusula de 9,9 milhões de euros se marcar 25 golos na Liga Inglesa, feito que já completou, e mais uma cláusula de 9,9 milhões de euros se chegar às 25 presenças pela seleção da França (já tem 15).

Por fim, se Martial for nomeado para Jogador do Ano da FIFA, o Man. United terá de pagar mais 9,9 milhões ao jogador.

Conteúdo publicado por Sportinforma