Futebol/Bélgica

22-05-2017 19:26

Michel Preud’homme já não é treinador do Club Brugge

O antigo guarda-redes do Benfica conquistou para o clube um campeonato, em 2015/2016, uma Taça da Bélgica, em 2015, e uma Supertaça, em 2016.
Preud’Homme deixa comando técnico do Club Brugge
Foto: Estela Silva

Preud’Homme deixa comando técnico do Club Brugge

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador belga Michel Preud’homme abandonou o comando técnico do Club Brugge, que terminou a temporada no segundo lugar da liga belga de futebol, anunciou hoje o emblema.

O antigo guarda-redes do Benfica, clube que representou de 1994 a 1999, conquistou para o clube, que orientava desde setembro de 2013, um campeonato, em 2015/2016, uma Taça da Bélgica, em 2015, e uma Supertaça, em 2016.

O antigo internacional belga, que já foi campeão pelo Standard Liège, além de ter orientado o Gent, o Twente (Holanda) e o Al-Shabab (Arábia Saudita), disse que abandona o clube depois de ter conseguido “bons resultados” e de se ter sentido “em casa”.

“Depois de tanto tempo ao mais alto nível, vou poder descansar. Se fosse 10 anos mais novo, não abandonaria o clube. Não sei o que o futuro me trará, primeiro vou descansar por tempo indefinido”, explicou o técnico, em declarações ao sítio oficial do clube na Internet, deixando ainda a garantia que os adeptos o poderão ver “nas bancadas do estádio Jan Breydel na próxima temporada”.

Esta temporada, o Anderlecht conquistou o 34.º título da sua história, enquanto o Brugge terminou a temporada em segundo, pelo que irá disputar a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Igualmente de saída está o adjunto, Philippe Clement, de 43 anos, que representou o clube como futebolista de 1999 a 2009 e integrava a equipa técnica desde 2011, quando se retirou dos relvados.

O belga sente-se “pronto e preparado para ser treinador principal” e agradeceu a confiança e os “anos bonitos” que passou em Bruges.

Conteúdo publicado por Sportinforma