Futebol internacional

23-05-2017 11:42

Tianjin Quanjian desmente contactos por Diego Costa

Internacional espanhol tinha sido apontado ao emblema chinês do Tianjin Quanjian.
Diego Costa

Tianjin Quanjian desmente contactos por Diego Costa

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O clube de futebol chinês Tianjin Quanjian desmentiu hoje “contatos ou negociações” com o avançado hispano-brasileiro Diego Costa, do Chelsea ou com algum seu representante, apesar do seu presidente já o ter admitido no passado.

Em comunicado, o sétimo classificado da Liga chinesa diz que o dinheiro “não deve ser utilizado só como atrativo” no futebol, defendendo “preços justos e adequados” e assumindo a vontade de “promover o talento no futebol de base” do país.

Segundo o jornal inglês Daily Mirror, Diego Costa terá sido seduzido pelo Tianjin, treinado pelo italiano Fabio Canavarro, com um salário de 39,1 milhões de euros anuais numa transferência que renderia ao Chelsea 104 milhões de euros, o que seria um recorde Mundial, ultrapassando em um milhão a mudança de Paul Pogba da Juventus par ao Manchester United de José Mourinho.

O presidente do Tianjin, Shu Yuhui, disse há umas semanas que estava a “trabalhar para chegar a acordo” para contratar o internacional espanhol, na senda da politica de garantir futebolistas com nível para “aumentar o interesse e a influência do campeonato chinês”.

Diego Costa, de 28 anos, e que já jogou no Sporting de Braga e Penafiel, apontou 20 golos em 35 desafios da Liga inglesa.

Nos últimos meses, Falcao, Cavani e Aubameyang foram alguns dos futebolistas associados ao clube, que contratou o ex-benfiquista Axel Witsel aos russos do Zenit por 50 milhões e o brasileiro Pato por 18 milhões aos espanhóis do Villarreal.

Conteúdo publicado por Sportinforma