Futebol

28-05-2017 00:12

Irão de Carlos Queiroz prepara na Áustria jogo com Uzbequistão

O atual selecionador do Irão considera que a seleção uzbeque deve ser encarada com a mesma responsabilidade e compromisso como se estivesse a ser disputada a final do Mundial.
Carlos Queiroz, selecionador do Irão

Carlos Queiroz, selecionador do Irão

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A seleção iraniana fez hoje o seu primeiro treino de um estágio de 10 dias na Áustria, para preparar o jogo que pode garantir, desde já, o apuramento para o Mundial2018 de futebol, frente à congénere do Uzbequistão.

O Irão, orientado pelo treinador português Carlos Queiroz, nunca alcançou duas qualificações consecutivas para a fase final de um Mundial, pelo que a acontecer, constituiria um feito inédito para o futebol iraniano.

“Chegou o tempo em que nos devemos sacrificar mais do que nunca. Temos que ser 100 por cento profissionais, em cada minuto e em cada detalhe, e mostrar total compromisso na luta pelos nossos objetivos”, afirmou Carlos Queiroz, para quem este embate com o Uzbequistão é um primeiro ‘match point’ que não deve ser desperdiçado.

O atual selecionador do Irão considera que a seleção uzbeque deve ser encarada com a mesma responsabilidade e compromisso como se estivesse a ser disputada a final do Mundial.

“A nossa preparação nos próximos dias vai ser orientada neste sentido, de trabalhar a 100 por cento e ao detalhe, desde os jogadores a todo o ‘staff’, porque, apesar de todas as dificuldades, a nossa obrigação é fazer tudo para que a seleção do Irão concretize o seu objetivo”, acrescentou.

Depois da presença no Mundial do Brasil2014, o Irão lidera o Grupo A da zona asiática de qualificação para o Mundial2018, com 17 pontos, sem derrotas e sem golos sofridos, após sete jogos, nos quais somou cinco vitórias e apenas dois empates, quando faltam três jogos para disputar.

Conteúdo publicado por Sportinforma