Futebol Internacional

30-05-2017 10:35

Futebol defensivo em Itália? Números dizem que não

Serie A é a liga com a maior média de golos por jogo. Com praticamente três tentos/jogo, o ‘cattenacio’ não é o que parece.
AS Roma festeja golo

Dzeko foi o melhor marcador da Serie A

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O futebol italiano ganhou fama de ser um campeonato defensivo, com poucos golos e sem grande importância dada a um estilo de jogo ofensivo, mas esta temporada contrariou todas as expetativas de quem queria um futebol defensivo. Em Itália, a média de golos por jogo é a maior dos principais campeonatos europeus. Na Serie A, o média está fixada nos três golos marcados por cada encontro do Liga.

Para um total de 1213 golos marcados durante a temporada, houve seis clubes que ultrapassaram os 70 tentos marcados na competição. A saber, Juventus, Roma, Nápoles, Lazio, Torino e Inter de Milão foram os emblemas que bateram a marca das sete dezenas de golos festejados. Numa comparação direta com a Primeira Liga, apenas FC Porto e Benfica conseguiram uma marca semelhante numa liga onde ‘apenas’ se marcaram 728 golos para uma diferença de menos 485 tentos face a Itália.

O registo de liga mais concretizadora da Europa a muito se deve aos goleadores tanto dos emblemas supramencionados como de outros que fizeram o gosto ao pé por mais do que uma ocasião. Na lista dos melhores marcadores o título foi para Edin Dzeko, da Roma. O bósnio assinou 29 tentos e foi o mais finalizador da Serie A. No entanto, Belloti (Torino), Mertens (Nápoles), Icardi (Inter de Milão), Juventus (Juventus) e Immobile (Lazio) fizeram, cada um, mais de 20 golos na temporada.

Média mais alta contraria ‘Cattenacio’

‘Cattenacio’ é um estrangeirismo ligado a Itália em que se dá conta de um futebol mais defensivo e com foco no bloqueio de oportunidades por parte dos oponentes. Uma linha de defesa organizada e compacta para evitar resultados negativos, mas que este ano não aparenta ter sido palavra de ordem em Itália.

A média de golos na Serie A fixou-se nos 2,97 golos por cada jogo, praticamente três tentos por cada encontro disputado. Este valor suplanta o segundo classificado – Liga Espanhola – que ainda andou perto, mas não conseguiu ser tão concretizadora como a Liga Italiana. O campeonato de Espanha onde Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid surgem como principais equipas goleadoras terminou com uma média 2,90 golos/jogo.

Nas outras principais ligas, as médias fixam-se em 2,87 golos/jogo para a Liga Alemã enquanto a Liga Inglesa apresenta um valor nos 2,80 golos/jogo. Já a Liga Francesa tem uma média de 2,61 golos/jogo.

Em Portugal, a média não foge à regra e também ultrapassa os dois tentos por cada encontro do campeonato. Com um valor na ordem dos 2,67 golos/jogo, a Primeira Liga tem um registo melhor do que França, mas fica atrás das restantes principais ligas na Europa.

Conteúdo publicado por Sportinforma