Guiné-Bissau

14-06-2017 22:41

Ministério Público guineense ouviu membros da federação de futebol por alegada corrupção

Três membros do comité executivo da Federação de Futebol foram ouvidos pelo Ministério Público por alegada corrupção
Guiné-Bissau festeja golo frente ao Gabão
Foto: AFP or licensors

Três membros do comité executivo da Federação de Futebol foram ouvidos pelo Ministério Público por alegada corrupção

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Ministério Público da Guiné-Bissau ouviu hoje três membros do comité executivo da Federação de Futebol da Guiné-Bissau por alegada corrupção.

Segundo a agência de notícias guineense, os três dirigentes recusaram prestar declarações à imprensa, no final da audição.

Os três são acusados de terem alegadamente recebido cada um subsídios de um milhão de francos cfa (cerca de 1.500 euros), para viajarem para o Gabão, no âmbito da presença guineense na edição de 2017 da Taça das Nações Africanas, sem, no entanto, terem integrado a comitiva.

O presidente da federação, Manuel Nascimento Lopes, e a secretária-geral federativa, Virgínia da Cruz, também já foram ouvidos no âmbito do mesmo processo.

Conteúdo publicado por Sportinforma