Futebol/Argentina

21-06-2017 08:29

Boca Juniors sagrou-se campeão 'no sofá' e com ajuda de ex-FC Porto

Derrota do Banfield, segundo classificado, permitiu festa do título.
Rodrigo Bentancur tem dado nas vistas ao serviço do Boca Juniors
Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP

Rodrigo Bentancur, jogador do Boca Juniors

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Boca Juniors sagrou-se campeão argentino, esta terça-feira, sem sequer ter de jogar. O 26.ª título da equipa de Buenos Aires chegou depois da derrota do seu mais direto rival na classificação, o Banfield, diante do San Lorenzo.

Fernando Belluschi, antigo jogador do FC Porto, ex-FC Porto, deu o triunfo ao San Lorenzo com um golo aos 57 minutos, deixando o Banfield a cinco pontos do primeiro classificado quando falta um jogo para disputar.

Os Xeneizes só jogam esta quarta-feira, com o Olimpo, e defrontam o Union Santa Fé, na última jornada, marcada para domingo.

Assim sendo, Jonathan Silva e Óscar Benítez, cedidos por Sporting e Benfica, respetivamente, sagram-se campeões argentinos.

O Boca Juniors, cujo último título remontava a 2015, sucede ao Lanús no historial da competição, que é dominado pelo rival River Plate, com 36 títulos. Na presente temporada, a equipa comandada por Guillermo Barros Schelotto somou apenas três derrotas e oito empates, tendo vencido 17 jogos.

Entre as figuras do emblema ‘azul e ouro’ destacam-se o avançado Darío Benedetto, melhor marcador do campeonato, com 18 golos, e Carlos Tevez, antes da sua transferência para os chineses do Shanghai Shenhua, mas também Ricardo Centurión, Cristian Pavón, Frank Fabra, Rodrigo Bentancur e Fernando Gago.

*Artigo atualizado às 10h38

Conteúdo publicado por Sportinforma