Futebol internacional

06-07-2017 18:13

Augusto Inácio está em risco de ser despedido, escreve imprensa egípcia

Zamalek está em terceiro lugar do campeonato egípcio e sem possibilidade de lutar pelo título.
Zamalek está em terceiro lugar do campeonato egípcio e sem possibilidade de lutar pelo título.

Zamalek está em terceiro lugar do campeonato egípcio e sem possibilidade de lutar pelo título.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O treinador português, Augusto Inácio, tem o lugar em risco no comando técnico do Zamalek, escreve a imprensa egípcia desportiva esta quinta-feira.

O clube do Cairo está atualmente no terceiro lugar do campeonato egípcio já sem possibilidade de conquistar o título, e ocupa o último lugar do grupo B da Liga dos Campeões africana quando falta disputar apenas um jogo.

Perante este cenário, o portal egípcio 'Ahram' garante esta quinta-feira que Augusto Inácio será despedido caso não consiga o apuramento para os oitavos-de-final da 'Champions' africana, um cenário muito provável uma vez que o Zamalek depende de terceiros para seguir em frente mesmo que vença o último jogo do grupo B.

Em declarações à imprensa local, o presidente do Zamalek, Mortada Mansour, tentou afastar alguma pressão sobre a difícil situação do clube do Cairo na 'Champions' africana, e garantiu que o técnico português tem o lugar garantido até ao jogo com o Al Ahli Tripoli.

"Inácio e a sua equipa técnica continuarão no cargo até ao jogo com o Al Ahli Tripoli. Não queremos distrair ninguém antes desse encontro decisivo", disse Mortada Mansour sobre o último jogo do Grupo B da Liga dos Campeões 'africanos'.

De acordo com o referido portal, Augusto Inácio vai apresentar uma equipa com jogadores menos utilizados esta quinta-feira para o jogo do campeonato do Egipto diante do Al Ittihad, uma vez que está a guardar alguns jogadores importantes para o encontro com o Al Ahli Tripoli.

Conteúdo publicado por Sportinforma