Futebol / Alemanha

02-08-2016 19:03

Bayern abre porta ao regresso de Schweinsteiger

O médio de 32 anos está de saída do Manchester United.
Schweinsteiger
Foto: PAUL ELLIS

Schweinsteiger em ação pelo Manchester United.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Bayern Munique, Karl Heinz Rummenigge, abriu esta terça-feira a porta ao regresso ao clube bávaro do futebolista alemão Bastian Schweinsteiger, com o qual José Mourinho não conta no Manchester United.

“Se ele mostrar desejo de voltar ao Bayern, falaremos com ele”, disse Rummenigge, em declarações à revista alemã 'Sport Bild'.

Schweinsteiger completou 32 anos na segunda-feira e, segundo a imprensa britânica, recebeu uma ‘amarga’ prenda de anos de José Mourinho, ao dar instruções para que o internacional alemão fosse treinar com a equipa de reservas do Machester United e esvaziasse o seu cacifo nos balneários da equipa principal.

O campeão do mundo, que nunca conheceu outro clube além do Bayern antes de se transferir para o Manchester United, em 2015, integra uma lista de nove jogadores que não fazem parte dos planos de José Mourinho para a época em curso.

Esta situação coincidiu, também, com o recente anúncio público de Schweinsteiger, que renunciou à seleção alemã ao fim de 12 anos, durante os quais marcou 24 golos e vestiu a respetiva camisola por 120 vezes.

Há dois anos sagrou-se campeão do mundo de seleções no Brasil, competição na qual foi uma unidade nuclear no sistema de jogo do selecionador Joachim Low, e regista no seu palmarés 24 títulos, entre os quais uma Liga dos Campeões, em 2013, oito campeonatos e sete Taças da Alemanha.

A sua primeira época no estrangeiro ficou marcada por lesões e, perante o eventual regresso do internacional francês Paul Pogba a Old Trafford, ficou com os dias contados no Manchester United.

“Nenhum respeito!”, escreveu o seu irmão Tobias Schweinsteiger, antigo jogador dos escalões secundários da Alemanha e atual treinador de uma equipa de jovens do Bayern.

O seu salário anual, estimado em 8,8 milhões de euros, é suscetível de desencorajar qualquer potencial clube interessado nos seus serviços, apesar da imprensa relatar contactos com os dos dois clubes de Milão, Inter e AC Milan, e com o Paris Saint-Germain.

Para Oliver Khan, seu antigo companheiro de clube e seleção, Schweinsteiger “é muito jovem para se aposentar”.

“Estou certo de que, com toda a sua experiência, ‘Basti’ ainda pode ser o líder de uma equipa de alto nível. É demasiado jovem para se retirar, escreveu Kahn na sua página do Facebook.

No entanto, se o atual marido da tenista sérvia Ana Ivanovic decidir pendurar as botas, tem a porta do Bayern aberta.

“É importante vincular os jogadores que o merecem ao clube. Além disso, ‘Basti’ conhece cada um e tudo dentro do clube, pelo que está predestinado a trabalhar com a equipa”, disse o capitão do Bayern, Philipp Lahm, ao ‘Sport Bild’.

Conteúdo publicado por Sportinforma