Alemanha

03-08-2016 16:58

Jogador que esqueceu 75 mil euros num taxi volta ao Werder Bremen

Em outubro de 2015, Kruse, viciado em póquer, esqueceu-se, pela manhã, de 75.000 euros em dinheiro num táxi em Berlim.
Max Kruse
Foto: Lusa

Max Kruse

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O avançado alemão Max Kruse, famoso por sucessivas polémicas extradesportivas, vai deixar o Wulfsburgo para regressar ao seu Werder Bremen, prometendo concentrar-se agora apenas no futebol.

“O futebol é o centro da minha vida”, frisou o atleta, de 28 anos, que custou nove milhões de euros e que terá falhado o Euro2016 pelas sucessivas peripécias da sua vida privada, que terão dissuadido o Joachim Low de o convocar.

Max Kruse recorda que foi o Werder Bremen que lhe deu a “oportunidade” de se tornar profissional de futebol: “Ficou claro para mim que eu precisava voltar a um lugar onde eu me sinto em casa, a um clube que me apoia 100 por cento”.

Em outubro de 2015, Kruse, viciado em póquer, esqueceu-se, pela manhã, de 75.000 euros em dinheiro num táxi em Berlim, tendo a noitada sido punida pelo Wolfsburgo em 25.000 euros.

Em março, Joachim Low afastou-o de dois jogos de preparação para o Euro2016 depois de uma querela com um jornalista num bar de Berlim, onde comemorou o 28.º aniversário, o que lhe valeu nova multa do clube, do mesmo valor.

A última história diz respeito a uma jovem de Munique, de 26 anos, que lhe terá pedido para apagar fotos e vídeos íntimos que enviou a Kruse, temendo que este as mostrasse as outros jogadores.

Conteúdo publicado por Sportinforma