Futebol / Alemanha

08-08-2016 15:32

Saído da prisão, Hoeness tenta regressar à presidência do Bayern

Uli Hoeness teve de se afastar do cargo em 2014, depois de ter sido condenado e preso por fraude fiscal.
Uli Hoeness
Foto: EPA / MARC MUELLER / POOL

Hoeness foi libertado em fevereiro, após ter estado 21 meses preso.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Uli Hoeness vai candidatar-se à presidência do Bayern Munique, cargo do qual teve de se afastar em 2014, depois de ter sido condenado e preso por fraude fiscal, anunciou esta segunda-feira o tetracampeão alemão de futebol.

Hoeness, de 64 anos, que foi libertado em fevereiro, após ter estado 21 meses preso, metade da pena de prisão de três anos e meio a que foi condenado em março de 2014, será o candidato à presidência do clube bávaro, onde alinha o médio internacional português Renato Sanches.

O antigo presidente do Bayern acordou com o atual líder do clube, Karl Hopfner, que será o único candidato na assembleia-geral marcada para novembro, ainda que a direção operacional se mantenha nas mãos de Karl-Heinz Rummenigge, o verdadeiro homem-forte do tetracampeão germânico.

Conteúdo publicado por Sportinforma