Futebol / Alemanha

27-11-2016 18:36

Hertha Berlim mantém invencibilidade caseira e é terceiro

A equipa da capital alemã derrotou o Mainz por 2-1 em partida da 12ª jornada.
Hertha Berlim mantém invencibilidade caseira e é terceiro
Foto: SOEREN STACHE / EPA

O Estádio Olímpico de Berlim continua a ser talismã para o Hertha.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Hertha Berlim manteve este domingo a sua invencibilidade em casa na Liga alemã de futebol, ao vencer o Mainz por 2-1, num jogo da 12ª jornada em que ambas as equipas acabaram com dez.

O Estádio Olímpico de Berlim continua a ser talismã para o Hertha que aumentou para seis a série de jogos consecutivos a vencer em casa nesta temporada e, assim, subiu ao terceiro lugar da Bundesliga.

O Mainz pareceu disposto a colocar um ponto final na invencibilidade caseira dos berlinenses, graças ao golo de Aaron Seydel aos 25 minutos, no entanto Vedad Ibisevic tinha um plano diferente.

O avançado bósnio marcou pela primeira vez aos 36 minutos e ‘bisou’ aos 67, antes de ser expulso por acumulação de amarelos (74), já depois de Jean-Philippe Gbamin também ter deixado o Mainz reduzido a dez (62).

O triunfo permite ao Hertha subir ao terceiro lugar da tabela classificativa, com 24 pontos, menos seis do que o líder Leipzig e menos três do que o segundo classificado, o Bayern Munique.

No outro encontro da 12.ª jornada da Bundesliga hoje disputado, o Schalke 04 venceu o Darmstadt por 3-1 para fixar-se no meio da tabela.

A jogar em casa, a equipa de Gelsenkirchen permitiu o golo dos visitantes, por intermédio de Marcel Heller logo aos seis minutos, mas não perdeu o foco para inverter o resultado.

Sead Kolasinac empatou aos 26 minutos e, dois minutos depois, Maxim Choupo-Moting podia ter feito o segundo, de grande penalidade, mas o guarda-redes Michael Esser negou-lhe o golo.

O camaronês redimiu-se da ocasião desperdiçada aos 60 minutos, ao fazer o 2-1. O triunfo do Schalke 04, que é oitavo com 17 pontos, os mesmos que o Mainz que é nono, foi confirmado por Alessandro Schopf, ao minuto 90.

Com a derrota, o Darmstadt salva-se por pouco da zona da despromoção, sendo 15.º, com oito pontos.

Conteúdo publicado por Sportinforma