Liga alemã

18-05-2017 15:12

Dirigentes do Bayern defendem Renato Sanches

Hoeness e Rummenigge não gostaram das comparações feitas pela imprensa alemã entre Renato Sanches e Dembelé, do Dortmund.
Renato Sanches
Foto: MATTHIAS BALK / EPA

Renato Sanches

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Uli Hoeness, presidente do Bayern Munique, não gostou de ver a imprensa alemã comparar Ousmane Dembelé, do Dortmund, com Renato Sanches, contratado pelos bávaros ao Benfica.

O avançado, de 20 anos, custou 15 milhões de euros (fez 47 jogos e nove golos), ao passo o médio português rumou a Munique por 35 milhões de euros, tendo feito quase metade dos jogos do atleta do Dortmund.

"É mais difícil integrar e fazer evoluir um jogador como Renato Sanches no Bayern Munique do que no Borussia Dortmund. Para o fazer aqui é preciso tirar o lugar a alguém como Arturo Vidal", afirmou Hoeness, à margem da apresentação do Bayern Campus, em declarações reproduzidas pelo jornal alemão Bild.

Rummenigge, presidente executivo dos bávaros, também defendeu o português: "O Borussia Dortmund com o Dembélé ficou a 18 pontos do Bayern com Renato Sanches."

Conteúdo publicado por Sportinforma