Liga dos Campeões

08-08-2014 11:15

Celtic foi goleado mas acabou repescado

A equipa polaca não podia ter utilizado Bartosz Bereszynski no jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória porque o jogador ainda estava a cumprir um castigo de três jogos.
Celtic
Foto: EPA@BRIAN STEWART

Celtic

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Legia de Varsóvia foi hoje excluído do "play-off" de acesso à Liga dos Campeões de futebol, por utilização irregular de um jogador na terceira pré-eliminatória, anunciou hoje a UEFA, cuja decisão recoloca o Celtic de Glasgow na competição.

A equipa polaca, em que alinham os portugueses Dossa Júnior, Orlando Sá e Hélio Pinto, não podia ter utilizado Bartosz Bereszynski no jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória, em Edimburgo, porque o jogador ainda estava a cumprir um castigo de três jogos. Bereszynski entrou aos 86 minutos.

O Comité de Controlo de Disciplina da UEFA puniu o Legia com derrota por 3-0 nesse encontro, o que permitiu ao Celtic qualificar-se para o "play-off" com um agregado de 4-4, graças ao golo marcado fora na primeira mão, em Varsóvia, onde foi goleado por 4-1. Em Edimburgo, o Legia ganhou por 2-0.

Adicionalmente, Bartosz Bereszynski foi punido com mais um jogo de suspensão, que se junta aos dois que o órgão disciplinar da UEFA entende que o jogador ainda tem de cumprir e que transitam da época passada.

Bartosz Bereszynski foi suspenso por três jogos e o Legia considerou que o jogador tinha cumprido o castigo nos encontros da segunda pré-eliminatória, frente o St Patrick's, e na primeira mão da ronda com o Celtic, mas o Comité de Controlo e Disciplina da UEFA entende que, como o jogador não estava inscrito na altura dos encontros com os irlandeses, ainda tinha duas partidas por cumprir.

Conteúdo publicado por Sportinforma