Liga dos Campeões

21-10-2014 21:48

"Hazard" do Maribor foi luz na goleada por 6-0 do Chelsea

Eslovanos infrutíferos e pouco agressivos não conseguiram estancar criatividade do meio-campo londrino.
Hazard e Fàbregas
Foto: IAN KINGTON / AFP

Hazard e Fàbregas

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Chelsea recebeu o Maribor em Stanford Bridge, em jogo da terceira jornada do grupo H e goleou os eslovenos por 6-0. Os golos que valeram o triunfo à equipa de José Mourinho foram marcados por Rémy (13’), Drogba (23’), Terry (31’), Viler (auto-golo aos 54’) e Hazard (77’ e 90’).

O “happy one” resolveu fazer duas alterações na estrutura da sua equipa, apresentando o jovem francês Zuma no centro da defesa e Rémy na frente do ataque (Diego Costa não jogou). Já o conjunto de leste, que já não estava presente na “Champions” há 15 anos, depositava as suas hipóteses de amealhar pontos na criatividade de Ibraimi e na eficácia de Marcos Tavares. A estratégia foi ineficaz, como se viu.

As alterações no Chelsea tiveram efeitos práticos, uma vez que o relógio contava 13 minutos quando o avançado Loic Rémy fez o primeiro, após recuperação da bola no meio-campo “blue” e passe bem medido de John Terry para a desmarcação do francês de 27 anos que, depois de enganar o defesa, rematou fora do alcance do guarda-redes do Maribor. Na sequência do golo, Rémy lesiona-se e acaba substituído por Drogba (16’).

Aos 23’, penalty cometido por Mertelj e golo de Drogba, tão simples quanto isso. Fàbregas, Óscar, William e Hazard demonstravam toda a sua criatividade e qualidade técnico-tática para ultrapassar a frágil linha defensiva do Maribor. A equipa visitante tinha uma boa ideia de jogo, sempre com passes curtos, mas apresentava problemas de definição perto da área “blue”.

A falta de agressividade do conjunto esloveno notou-se no terceiro golo do Chelsea que surgiu na sequência de um canto mal marcado pelo Maribor. A bola é lançada para o belga Hazard que, num contra-ataque perfeito passa para Fàbregas, este centra rasteiro para o capitão Terry encostar (em fora de jogo) e fechar o resultado ao intervalo.

Na segunda parte, a equipa londrina fez o quarto aos 54’. Depois de uma bela combinação entre Fàbregas, e Filipe Luís, Viler faz auto-golo após de remate de Hazard. A falta de agressividade do Maribor era um convite para o meio-campo colocar a defesa eslovena em apuros.

A melhor oportunidade do jogo para a equipa visitante acontece de penálti. Matic fez penálti sobre Ibraimi e o esquerdino, a nove metros da baliza, envia a bola ao poste (64’). O mesmo não se repetiu do lado do conjunto caseiro e Hazard (77’) converteu uma grande penalidade sofrida por Ivanovic. Mesmo a fechar o jogo, o belga voltou a fazer o gosto ao pé aos 90’, num remate de belo efeito.

Tempo ainda para a estreia da Dominic Solanke, avançado de 17 anos formado no Chelsea, que substituiu o brasileiro Oscar no terreno de jogo. No segundo tempo, o Chelsea foi gerindo a partida a seu bel-prazer, com o pensamento já na visita do próximo domingo a Old Trafford para defrontar o Manchester United.

O Chelsea é primeiro classificado do grupo, com sete pontos, o Schalke04, que venceu o Sporting (4-3) tem cinco. Maribor tem dois, “leões” somam apenas um ponto. Na próxima jornada, a turma de José Mourinho visita Maribor para dar início à segunda volta da fase de grupos.

Conteúdo publicado por Sportinforma