Bayern 1-0 Benfica

05-04-2016 21:40

Benfica sai bem vivo de Munique

O clube encarnado recebe os alemães no próximo dia 13 de abril para o segundo jogo dos quartos de final da liga dos Campeões.
Bayern - Benfica
Foto: CHRISTOF STACHE

Jonas prepara o remate.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Benfica perdeu por 1-0 frente ao Bayern Munique, esta terça-feira, em jogo da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões. Vidal marcou o único golo da partida aos dois minutos.

Um golo apenas foi o que separou estas duas equipas após 90 minutos, o que deixa tudo em aberto para o jogo da próxima semana no Estádio da Luz. Mas as coisas podiam ser bem diferentes se no início de tudo o Bayern tivesse concretizado as oportunidades que criou.

Logo aos dois minutos, Bernat cruzou e Vidal apareceu à frente de Eliseu para o primeiro golo do jogo. A bola começou a jogar-se no meio campo atacante dos alemães e dali não saiu durante os primeiros 20 minutos.

Resultado: um golo e oportunidades falhadas por Lewandovski, Douglas Costa e Muller. Depois apareceu o Benfica que se soltou das amarras que pareciam prender a equipa aquela zona do terreno.

O meio campo do Benfica começou a ganhar as primeiras bolas, sem a percentagem de posse de bola do costume, mas isso já era pedir demais, e depois chegou à frente. Renato Sanches tentou um remate de longe, e Gaitán ficou a queixar-se de um penalti pouco depois por mão de Lahm. A primeira parte serviu essencialmente para o Benfica perceber que podia manter-se no jogo e minimizar os estragos depois de um golo sofrido.

Na segunda parte, e empurrado pelos seus adeptos que não se cansaram de cantar no Allianz Arena, o Benfica deixou de se limitar defender para conseguir chegar verdadeiramente com perigo à área contrária. E quem podia fazê-lo? Jonas. Aos 56 minutos, o brasileiro contornou Alaba e no cara a cara com Neuer, ganhou o alemão. Depois, o pistoleiro recarregou a arma, mas acertou em Javi Martínez na pequena área.

O Bayern tinha mais posse de bola, mais ataques, mas nunca mais apresentou o ritmo dos primeiros minutos. Adensou-se a pressão alemã nos últimos minutos, mas sem resultados práticos. A derrota consumou-se, mas perante este estádio e este adversário, este resultado foi um mal menor e o Benfica continua dentro da eliminatória, adiando a decisão para o Estádio do Luz.

Conteúdo publicado por Sportinforma