Liga dos Campeões

14-09-2016 09:36

FC Porto quer usar o Dragão como rampa para os ‘oitavos’

Os dragões jogam em casa e o objetivo é começar a pavimentar o caminho para a próxima fase.
Óliver Torres celebra o golo com os colegas do FC Porto
Foto: JOSE COELHO/LUSA

Óliver Torres celebra o golo com os colegas do FC Porto

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Chegou o dia da estreia do FC Porto nesta edição da Liga dos Campeões. Em casa frente ao Copenhaga, a equipa de Nuno Espírito Santo vai tentar aproveitar o factor ‘casa’ para se superiorizar ainda mais perante os dinamarqueses. Depois de já ter dito que pretende transformar o reduto numa ‘fortaleza’ contra os adversários, o treinador do FC Porto voltou a reiterar a importância de jogar em casa e com o apoio dos adeptos.

O apelo a casa cheia no jogo desta quarta-feira deve sentir-se quando a bola começar a rolar. Para além do pedido de Nuno Espírito Santo, o embate contra o Copenhaga simboliza o regresso do FC Porto à fase de grupos da liga milionária.

Começar no Estádio do Dragão é, por norma, bom indicador para os azuis e brancos. Na última vez que a fase de grupos começou no seu reduto, a equipa portuguesa goleou. Na altura, o adversário foi o Bate Borisov em 2014/15 que acabou atropelado por 6-0. Brahimi foi o homem do jogo com um hat-trick.

Esta temporada o FC Porto tem estado imparável em casa e não perdeu qualquer ponto. Este registo vai ao encontro da filosofia que Nuno Espírito Santo revelou querer incutir quando chegou ao clube. Apesar de a época ainda estar no início e faltar muito campeonato, a intenção do treinador continua viva.

Do outro lado está um formação que vai pisar o relvado do Estádio do Dragão pela primeira vez. FC Porto contra Copenhaga é uma estreia tanto na Champions como na história. Receber equipa dinamarquesas também é sinal positivo para os azuis e brancos. O registo é 100% vitorioso.

FC Porto e Copenhaga enfrentam-se esta quarta-feira na primeira jornada da Liga dos Campeões. Os dragões estão inseridos no Grupo G com Leicester City e Brugge.

Conteúdo publicado por Sportinforma