Análise Real Madrid - Sporting

15-09-2016 08:00

Leão de pura classe europeia 'traído' pelo seu filho pródigo

O Sporting ainda chegou a vantagem no Bernabéu, com um golo de Bruno César na segunda parte, mas permitiu a reviravolta merengue, depois dos golos de Ronaldo e Morata (2-1).
Ronaldo pede desculpa pelo golo frente ao Sporting
Foto: AFP or licensors

Ronaldo pede desculpa pelo golo frente ao Sporting

Por André Delgado e Evandro Delgado, em Madrid sapodesporto@sapo.pt

O Sporting surgiu no Bernabéu sem mordaças, com Bruno César a ocupar posições no miolo e com Bryan Ruiz a galgar metros no terreno para fazer companhia a Bas Dost no ataque. Nas laterais, João Pereira e Marvin Zeegelaar foram os homens escolhidos, numa receita que Jorge Jesus já tinha utilizado com sucesso no FC Porto e que quase deu resultado na casa do campeão europeu.O Real Madrid só começou a descobrir o antídoto para o esquema do técnico dos leões a partir dos 70 minutos.

Um remate de Ronaldo deu o mote para aquilo que seriam últimos minutos de enorme sofrimento. CR7, tal como já tinha acontecido com a camisola do Manchester United, voltou a marcar de livre aos "leões". Já em tempo de compensação, quando o Sporting já fazia contas ao ponto ganho no Bernabéu, Álvaro Morata respondeu da melhor forma a um cruzamento de James Rodríguez e o leão morreu na praia ao cair do pano. Mantém-se a malapata espanhola: O clube verde-e-branco continua sem ganhar em Espanha

Momento-chave

Minuto 86: O tempo corria rompante em direção ao apito final e o Sporting já pensava que podia embolsar três pontos e assim fazer história no Santiago Bernabéu. Ao minuto 86, o Real Madrid dispôs de um livre à entrada da área que Ronaldo transformou com mestria e precisão. O tento encostou os lisboetas às cordas. Os merengues acabariam por chegar ao triunfo no fatídico minuto 92. Tão bem conhecido para o treinador português.

Destaques positivos

Gelson Martins

O menino de Jorge Jesus ensaiou passos de mágica no Bernabéu e encantou. Trocou por várias vezes as voltas aos defesas do Real Madrid. Ficou certamente na retina de meia Europa. Foi o homem em destaque no Sporting.

Bruno César

O polivalente jogador brasileiro, que desta feita, jogou numa posição central do terreno voltou a evidenciar uma das suas grandes armas: O seu forte pontapé. Calou o Bernabéu quando colocou o Sporting na frente num remate colocado e pleno de intenção.

Adrien Silva

Muito acutilante na manobra ofensiva dos "leões" deu muito trabalho aos jogadores do Real Madrid. A equipa ressentiu-se da sua saída na segunda parte numa altura em que o Real Madrid tentou encostar o Sporting às cordas.

Negativo

Elias e Markovic

Com pouco tempo para mostrarem serviço não trouxeram nada de novo e certamente falharam na missão que certamente foi confiada pelo técnico do Sporting: A capacidade de colocar no gelo no jogo para conter os ímpetos da equipa espanhola.

Destaques do Real Madrid

Ronaldo

Já começa a ser tradição o craque marcar à equipa que o catapultou para o estrelato. O '7' voltou a marcar um golo de bola parada ao seu clube de coração, tento que restabeleceu a igualdade. Cristiano não festejou o golo e fez um gesto a pedir desculpas pelo golo marcado.

Morata e James Rodríguez

Os dois jogadores entraram nos últimos minutos e acabaram por ter um contributo decisivo para a vitória do Real Madrid. O colombiano, já em tempo de descontos, fez um cruzamento a régua e esquadro para a cabeça de Morata, que cabeceou de forma fulgurante para o fundo da baliza de Rui Patrício e assegurou assim os três pontos para a equipa da capital espanhola.

Vozes dos protagonistas.

Jorge Jesus: "Fizemos uma grande partida, contra o campeão europeu, em Madrid. O Real só começou a causar desequilíbrios nos últimos dez minutos, com as substituições, que fez com que a nossa equipa perdesse as referências. Faltou-nos aqui a experiência de Liga dos Campeões. Nunca podemos levar aquele primeiro golo... a jogada podia ter sido morta muito antes. Uma equipa que faz 85 minutos destes, com grande personalidade e qualidade... o Real Madrid não teve uma oportunidade de golo até aos 80 minutos", acrescentou o técnico leonino sobre o jogo.

Zidane: "Estamos satisfeitos porque acreditámos até final e nunca baixámos os braços. Defrontámos um adversário que jogou muito bem, passámos por dificuldades, mas somos o Real Madrid e podemos mudar as coisas num minuto"

Curiosidades:

- Tal como na temporada anterior, o primeiro desaire dos leões surgiu no 5º jogo da temporada e na Liga dos Campeões (2015 CSKA, 2016 Real Madrid)

- O Sporting foi a 2ª equipa portuguesa a perder no Bernabéu com reviravolta no marcador (2016 SCP, 1987 FCP)

- Nos 11 jogos que o Sporting realizou em Espanha, o clube não venceu nenhum (3E 8D)

Conteúdo publicado por Sportinforma