Liga dos Campeões

07-12-2016 21:38

Nem Champions nem Liga Europa. Sporting perde e diz adeus às competições europeias

A equipa de Jorge Jesus foi derrotada fora pelo Legia por 1-0, em jogo da derradeira jornada do Grupo F da Liga dos Campeões, falhando assim o apuramento para a Liga Europa.
Legia - Sporting
Foto: Lusa

Legia - Sporting

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

O Sporting está fora das competições europeias. A equipa de Jorge Jesus foi derrotada fora pelo Legia por 1-0, em jogo da derradeira jornada do Grupo F da Liga dos Campeões, falhando assim o apuramento para a Liga Europa. O avançado brasileiro Guilherme fez o golo que afastou os ´leões` das provas da UEFA. A defensiva leonina teve uma noite para esquecer: só Rui Patrício esteve a bom nível, negando o golo aos polacos em três situações. O Sporting também se pode queixar de si próprio (falhou imensos golos) e da arbitragem do italiano Gianluca Rocchi que não marcou uma grande penalidade a favor da equipa lisboeta na segunda parte, num penálti claro.

Para este jogo, Jesus sabia que teria de inventar soluções na defesa, já que os dois laterais que têm jogado estavam de fora: João Pereira por castigo e Schelotto por lesão. O técnico optou pelo central Paulo Oliveira para esse lugar, com Markovic a ser a novidade na frente de ataque, em vez de Campbell. Duas apostas que viriam a não dar resultado.

O Legia precisava de vencer mas quem teve iniciativa de jogo foi o Sporting. Mais técnico, com melhores elementos a nível técnico, a equipa de Jesus instalou-se no meio-campo contrário, com muita posse de bola mas sem criar verdadeiros lances de perigo. William deu o primeiro sinal de perigo aos quatro minutos num remate de fora da área que saiu um pouco ao lado. Apesar da muita posse de bola, o Sporting tinha dificuldades em criar verdadeiros lances de golo. Bruno César foi colocado no corredor direito em vez do esquerdo e não conseguiu ajudar muito a equipa. Do outro lado Gelson tentava mas era sempre uma luta solitária.

A formação campeã da Polónia optou por jogar em contra-ataque, numa aposta que viria a dar resultado. Aos sete minutos Prijovic fugiu à marcação e marcou mas o golo foi anulado, e bem, por fora-de-jogo. Aos 27 voltou a escapar à defensiva leonina mas rematou às malhas laterais. A ameaça foi concretizada aos 30 minutos pelo brasileiro Guilherme, num desvio na pequena área, em mais uma desmarcação de Prijovic por entre os centrais leoninos. O Sporting tinha três defesas centrais mas não conseguia travar a formação polaca.

Após o intervalo e depois de ver Adrien ficar perto do empate, Jesus teve de corrigir os erros, retirando Paulo Oliveira e Markovic e lançando Esgaio e Bryan Ruiz para o jogo. O Sporting melhorou, passou a jogar ainda mais perto da área do Legia e começou a criar situações de golo. Ia valendo ao Legia a atuação do guarda-redes Malarz: negou o golo a Bas Dost e Coates aos 72 e a André aos 78 com grandes defesas. E quando não era o guardião polaco, eram os avançados do Sporting a não terem pontaria. Aos 70 minutos, André teve nos pés o empate mas o atacante brasileiro falhou a bola, quando tinha tudo para fazer golo, após canto. Aos 74, nova perdida incrível de André após mais uma bela jogada de Gelson na direita. O avançado desta vez até deu na bola mas atirou ao lado. A baliza estava aberta.

O Sporting teve de apertar o cerco nos derradeiros minutos para tentar o tão desejado empate. Já o Legia defendia como podia, recorrendo a falta quando era preciso. Tudo valia para travar os ´leões`. E quando não eram os polacos, era o árbitro italiano Gianluca Rocchi que não marcou um penálti claro por mão na bola na área de Hlousek aos 57.

Mas tudo se complicou ainda mais aos 85 minutos, com a expulsão de William Carvalho, por duplo amarelo. O Legia ia saindo em contra-ataque de vez em quando, aproveitando o desnorte e desorganização na defensiva leonina. Nesses instantes finais valeram ao Sporting as intervenções decisivas de Rui Patrício a negar o golo a Radovic e a Kucharczyk, em situações de um para um.

Nos últimos minutos, já com pouco discernimento, a equipa de Jorge Jesus tentou o tudo por tudo para chegar ao empate mas não conseguiu.

O Legia conquista assim a sua primeira vitória nesta fase de grupos e continua nas provas da UEFA, agora na Liga Europa. No outro jogo do Grupo houve empate a duas bolas entre o Real Madrid e o Borussia Dotmund no Bernabeu, pelo que os alemães passam em primeiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma