Liga dos Campeões

11-04-2017 21:37

Barcelona perde e prova que se dá mal com as primeiras mãos

Dybala (7’ e 22’) e Chiellini (55’) marcaram os golos da equipa da Juventus.
Paulo Dybala celebra o golo da Juventus diante do Barcelona
Foto: EPA/ALESSANDRO DI MARCO

Paulo Dybala celebra o golo da Juventus diante do Barcelona

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A Juventus recebeu e bateu hoje o FC Barcelona, por 3-0, com um ‘bis’ do argentino Dybala, e colocou-se com uma larga vantagem após a primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

Em Turim, numa reedição da final de 2015, que terminou com um triunfo dos catalães por 3-1, a Juventus mostrou-se superior ao seu adversário e ao intervalo já vencia por dois golos, com remates certeiros de Dybala aos sete e 22 minutos.

Na segunda parte, o FC Barcelona regressou ao relvado com o médio português André Gomes no ‘onze’, mas foram os italianos que voltaram a marcar, desta vez por Chiellini, aos 55.

Os catalães vão novamente jogar a segunda mão das ‘Champions’ em Camp Nou com uma pesada desvantagem, depois de nos ‘oitavos’ terem conseguido dar a volta com o Paris Saint-Germain (6-1), depois de terem perdido por 4-0 na capital francesa.

O duelo está agendado para 19 de abril.

O encontro entre Borussia Dortmund e Mónaco, que estava agendado para hoje, acabou por ser adiado para quarta-feira (17:45), depois de uma bomba ter explodido junto ao autocarro dos alemães, quando a equipa se deslocava para o estádio Signal Iduna Park. Fonte da polícia diz que foram usados três cargas explosivas

O defesa espanhol Marc Bartra foi o único jogador que precisou de assistência hospitalar, devido um corte no braço.

Na quarta-feira, além do Dortmund-Mónaco, realizam-se os jogos Atlético Madrid-Leicester City e Bayern Munique-Real Madrid.

Conteúdo publicado por Sportinforma