Explosões Dortmund

12-04-2017 14:46

Merkel repudia ataque "repugnante" na Alemanha

Chanceler alemã afirmou que ficou horrorizada com o ataque de terça-feira.
Angela Merkel Foto Khaled Elfiqi EPA
Foto: SAPO

Angela Merkel, chanceler alemã

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse-se hoje “horrorizada” com o “repugnante ataque” de terça-feira contra o autocarro que transportava a equipa do clube de futebol Borussia de Dortmund, que fez dois feridos.

“Como os habitantes de Dortmund e milhões de outras pessoas, a chanceler ficou horrorizada com a notícia do ataque contra o autocarro do BVB”, disse o porta-voz da chanceler, Stefan Seibert, à imprensa.

Seibert transmitiu desejos de rápidas melhoras aos dois feridos, um polícia e o jogador espanhol Marc Bartra, e disse ser “um alívio” não ter ocorrido “algo ainda pior”.

A chanceler, disse, elogiou “a serenidade” da polícia e dos adeptos e assegurou que todos os organismos encarregados da investigação farão “tudo ao seu alcance para encontrar os autores” do ataque e levá-los à justiça.

O porta-voz anunciou por outro lado que o ministro do Interior, Thomas de Maizière, vai assistir hoje, “em sinal de solidariedade”, ao jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões entre o Dortmund e o Mónaco, previsto para terça-feira mas adiado para hoje devido ao ataque

Conteúdo publicado por Sportinforma