Juventus

02-06-2017 17:25

Dani Alves: "Vou dormir tranquilamente esta noite"

Juventus e Real Madrid disputam, às 19h45 deste sábado, em Cardiff, a final da Liga dos Campeões 2016/17.
FC Porto vs Juventus FC
Foto: Lusa

Dani Alves, defesa brasileiro da Juventus

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Dani Alves, defesa da Juventus, deixou bem claro que o importante antes de uma grande final como o da Liga dos Campeões é dormir bem.

"Vou dormir tranquilamente esta noite, como faço sempre, e aconselho os meus colegas a fazerem o mesmo, pois quando acordarem o trabalho duro vai começar! Não tenho outros grandes conselhos para lhes dar, também eu estou, ainda e sempre, a aprender. Vai se a experiência de todos nós, em conjunto, que nos vai levar à vitória. Vamos unir as nossas forças e dar tudo para trazermos o troféu para casa. A nossa força é o colectivo. Teremos de jogar como equipa, pois isso vai aumentar as nossas hipóteses de vitória”, disse, esta sexta-feira, o brasileiro na conferência de imprensa em Cardiff, palco da final.

Ao lado de Dani Alves estava o guarda-redes Gigi Bufon, que mereceu muitos elogios por parte do ex-Barcelona.

"Para um jogador tão importante como o Gigi seria agradável vir a ganhar este troféu. Quando cheguei aqui disse que não tinha contratado uma estrela, mas sim um trabalhador. Para levarmos esta taça para Turim teremos de trabalhar mais do que eles. Estamos perto do sonho, mas não será fácil torná-lo realidade. E vencer este troféu com o Buffon seria especial. Eu já ganhei esta competição, mas agora quero partilhar essa alegria com estes meus colegas”, referiu.

O defesa da Juventus confessou ainda que uma final contra o Real Madrid, antigo rival no campeonato espanhol, é especial.

"O facto de irmos defrontar o Real Madrid torna o jogo ainda mais especial para mim. O meu registo contra eles é bom, mas isto não vai ser o Dani Alves contra o Real Madrid, vai ser a Juventus contra o Real Madrid. Vai ser um jogo ante uma equipa muito experiente, enquanto nós não erguemos o troféu há quase 20 anos. Vamos esperar que tudo corra bem desta vez. Não temos medo do palmarés do Real Madrid. Temos fome de ganhar e temos a energia necessária para erguermos o troféu."

Conteúdo publicado por Sportinforma