Futebol / Espanha

18-09-2015 18:34

Clubes espanhóis reduzem dívida fiscal em 50% em dois anos

A dívida fiscal foi reduzida de 650 milhões de euros em 2013 para 317 milhões em setembro deste ano.
Javier Tebas
Foto: JAVIER LIZON / EPA

Javier Tebas, presidente da Liga espanhola, considerou a evolução "incrível".

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os clubes espanhóis de futebol reduziram em mais de 50 por cento nos últimos dois anos a sua dívida fiscal, indicou esta sexta-feira a Liga de clubes, em comunicado.

A dívida fiscal foi reduzida de 650 milhões de euros em 2013 para 317 milhões em setembro deste ano.

“A avaliação geral é muito satisfatória. Estamos muito satisfeitos com o trabalho feito pela Liga, com a saúde financeira dos clubes de futebol”, disse o ministro dos Desportos, Miguel Cardenal.
Nos últimos anos, foram impostos pela Liga espanhola aos clubes de futebol limites orçamentais indexados aos seus rendimentos.

“A evolução é incrível”, registou o presidente da Liga, Javier Tebas, assinalando que a regularização das dívidas dos clubes espanhóis foi feita “sem que o futebol tenha perdido competitividade”.

Até ao final da presente época está previsto que a dívida dos clubes espanhóis seja reduzida em mais 42 milhões de euros, devendo o restante ser pago ao longo das próximas quatro épocas.

Conteúdo publicado por Sportinforma