Futebol

05-09-2016 16:47

Árbitro espanhol salva jogador em risco de asfixia

Daniel Garcia contou que o jogador estava "em convulsões" num jogo disputado na Andaluzia.
Futebol
Foto: Lusa

O árbitro contou depois com a ajuda de duas enfermeiras na assistência em campo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O jovem árbitro Daniel Garcia salvou no domingo a vida a um futebolista dos regionais espanhóis, que, depois de um choque de cabeça, sofreu uma convulsão e estava a asfixiar-se com a própria língua.

“Vi que o jogador estava em convulsões, com os dentes fechados. Tentei abrir-lhe a boca num momento de bloqueio geral dos que o rodeavam”, contou o árbitro.

Foi na Andaluzia, em jogo do troféu Matias Prats de Villa del Rio, em Córdoava, quando, a 10 minutos do fim, o avançado chocou, no ar, com um defesa contrário.

“Disse que não nos podia ‘escapar’. Ajoelhei-me e tentei por todos os meios abrir-lhe a boca e retirar-lhe a língua. Pude meter as unhas entre os dentes e a seguir os dedos. Abri-lhe a boca e, felizmente, entretanto já tinham aparecido duas enfermeiras para ajudar”, contou.

O árbitro revelou que depois a “experiência” das profissionais de saúde lhes permitiu “controlar o choque” do atleta, pelo que, no fim, “felizmente tudo não passou de um susto”.

Conteúdo publicado por Sportinforma