Espanha

11-09-2016 21:42

Eibar continua a surpreender

O modesto clube conseguiu ganhar nos descontos ao Granada.
Sergi Enrich celebra um dos dois golos que marcou ao Getafe
Foto: EPA/Juan Herrero

Sergi Enrich celebra um golo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Eibar continua a surpreender no arranque da Liga espanhola de futebol, após triunfo por 2-1 em casa do Granada, conseguido em inferioridade numérica nesta terceira jornada.

Com o guarda-redes Asier Riesgo expulso aos 32 minutos, a tarefa fora de casa não parecia fácil para a equipa que teve Bebé no banco, mas Pedro Léon (43) deu-lhe vantagem ao intervalo.

Quando o ucraniano Artem Kravets (76 minutos) empatou para o Granada, de Rúben Vezo, poucos esperavam que o desafio fosse decidido a favar dos forasteiros, mas o suplente Sergio Enrich marcou já nos descontos (90+4).

O Eibar lidera o grupo dos quartos classificados, com seis pontos, que inclui o Las Palmas e o campeão FC Barcelona, surpreendido sábado em casa pelo Alavés (1-2).

O Real Madrid lidera com o pleno de nove pontos, mais dois do que o Sevilha e o Sporting de Gijón, enquanto o Atlético de Madrid tem apenas cinco, tal como Alavés e Villarreal.

Com um golo de Raúl Garcia (41 minutos), o Athletic Bilbau conquistou os primeiros pontos na prova, ao triunfar por 1-0 na visita ao Deportivo da Corunha, que assim desperdiçou a oportunidade de se juntar aos segundos classificados.

Horas antes, o Valência recuperou de dois golos de desvantagem quando jogava com apenas 10 futebolistas, mas permitiu que o Betis fizesse o 3-2 aos 90+2 minutos, continuando assim, a par do Celta de Vigo, como as únicas equipas ainda sem pontos.

Com os portugueses Nani e João Cancelo a titulares, o conjunto ‘che’, que jogou como anfitrião, viu o avançado Rúben Castro (38) adiantar os andaluzes, que chegaram ao segundo pelo veterano espanhol Joaquín (54).

A expulsão do ex-benfiquista Enzo Pérez (50 minutos), anterior ao segundo tento, parecia sentenciar o desafio, mas os também ex-benfiquistas Rodrigo (75) e Garay (78) marcaram e devolveram o Valência ao jogo. Nos descontos, acabou, no entanto, por ser Rúben Castro (90+2) a decidir.

Conteúdo publicado por Sportinforma