Espanha

11-09-2016 17:41

Valência cai nos descontos e segue sem pontuar

A equipa 'ché' foi batida por um golo de Rúben Castro já nos derradeiros instantes da partida no Estádio Mestalla.
Rodrigo festeja o primeiro golo do Valência
Foto: EPA/MANUEL BRUQUE

Rodrigo fez o primeiro golo do Valência, mas insuficiente para evitar o desaire

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Valência recuperou hoje de dois golos de desvantagem quando jogava com apenas 10 futebolistas, mas permitiu que o Betis fizesse o 3-2 aos 90+2, em encontro da terceira jornada da Liga espanhola.

Com os portugueses Nani e João Cancelo a titulares, o conjunto ‘che’, que jogou como anfitrião, viu o avançado Rúben Castro (38) adiantar os andaluzes, que chegaram ao segundo pelo veterano espanhol Joaquín (54).

A expulsão do ex-benfiquista Enzo Pérez (50), anterior ao segundo tento, parecia sentenciar o desafio, mas os também ex-benfiquistas Rodrigo (75) e Garay (78) marcaram e devolveram o Valência ao jogo.

Quando parecia persistir o empate, que daria o primeiro ponto da época ao Valência, ao segundo minuto do tempo extra Rúben Castro finalizou um lance de ataque na esquerda e garantiu os três pontos para o Betis, depois de duas derrotas consecutivas.

Horas antes, o Sporting de Gijón bateu o Leganés por 2-1, com tentos de Nacho Cases (17) e do croata Duje Cop (43), de penalti, de nada valendo a reposta de Diego Rico (58).

O Gijón partilha o segundo lugar do campeonato com os mesmos sete pontos do Sevilha e menos dois do que o Real Madrid, líder isolado, enquanto Barcelona, derrotado no sábado em casa pelo Alavés (1-2), e Las Palmas seguem com seis.

Conteúdo publicado por Sportinforma