Espanha

20-09-2016 09:45

Kempes gostaria de treinar Valência

Como jogador, Kempes representou o Valência em duas ocasiões. A primeira, entre 1976 e 1981, e a segunda entre 1982 e 1984.
Mario Kempes
Foto: 2016 Getty Images

Mario Kempes

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Mario Kempes, antigo futebolista do Valência e campeão mundial pela Argentina em 1978, admitiu na segunda-feira que gostaria de treinar o clube espanhol, ‘afundado’ no último lugar de ‘La Liga’, ainda sem pontos.

Com quatro jornadas já disputadas, o Valência, um pouco à imagem do que sucedeu na época passada, quando começou a temporada ainda com Nuno Espírito Santo (atual técnico do FC Porto), que acabaria por ser demitido, também está a ter um mau ‘arranque’ de época.

“Gostaria muito de treinar o Valência, seria uma das minhas maiores ambições. Se o Valência precisar, posso treinar a equipa ou cortar a relva. Com isto, não estou a ‘empurrar’ o atual treinador [Pako Ayestaran]”, garantiu Kempes, numa entrevista concedida ao canal TyC Sports.

No domingo, Kempes tinha publicado na sua página oficial no Twitter algumas observações pouco abonatórias para o atual estado do seu antigo clube.

“É muito preocupante o que se está a passar com este Valência, sem projetos nem ideias”, escreveu Mario Kempes.

Na mesma publicação, o antigo jogador garantiu, “a todos que o pedem [que vá treinar o Valência]” que o faria “como todas as ‘ganas’”.

Na entrevista ao TyC Sports, Kempes assegurou também que o seu comentário não tinha o intuito de “ofender” o atual técnico do clube ‘che’, mas sim o objetivo de “ajudar” o clube”.

Kempes, agora comentador em televisão, esclareceu ainda que “é preciso dar tempo para trabalhar” a Pako Ayestaran, reiterando que a mensagem no Twitter “não tinha a intenção de ofender” o técnico.

Conteúdo publicado por Sportinforma