Futebol internacional

20-09-2016 22:25

Sobrinha do presidente da Federação espanhola foi assassinada no México

O corpo da sobrinha do presidente da Federação Espanhola de Futebol foi encontrado no México sem vida.
Ángel Maria Villar
Foto: ATTILA KISBENEDEK / AFP

Villar preside à Federação Espanhola de Futebol desde 1988, tendo também assento no comité executivo da FIFA desde 1998.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Uma sobrinha do presidente da Federação Espanhola de Futebol, Angel María Villar, raptada há uma semana no México, foi encontrada morta, de acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol, José Manuel García Margallo.

O corpo da sobrinha de Angel María Villar foi encontrado na localidade de Toluca, cerca de 60 quilómetros a sudoeste da Cidade do México, precisou o chefe da diplomacia espanhola, em declarações à margem da Assembleia-Geral das Nações Unidas.

José Margallo adiantou que os sequestradores obrigaram a vítima a fazer vários levantamentos em caixas automáticas, antes de entrarem em contacto com a família.

“Foi pago um montante [pelo resgate], embora inferior ao pedido, pelo que acreditávamos que em breve a iriam libertar. Mas lamentavelmente não foi assim”, afirmou o ministro.



Conteúdo publicado por Sportinforma